Participamos do

Erick se diz pronto para 90min e projeta 1ª vitória do Ceará fora contra o América-MG

Atleta afirmou estar pronto fisicamente para atuar por 90 minutos, projetou o duelo contra o América-MG e ressaltou a qualidade do ataque alvinegro
16:07 | Ago. 27, 2021
Autor Lucas Mota
Foto do autor
Lucas Mota Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O atacante Erick participou de entrevista coletiva nesta sexta-feira, 27, no Porangabuçu. Com expectativa de ganhar mais minutagem em campo do técnico Guto Ferreira, o atleta afirmou estar pronto fisicamente para atuar por 90 minutos, projetou o duelo contra o América-MG e ressaltou a qualidade do ataque alvinegro.

O próximo confronto do Ceará na Série A ocorre neste domingo, 29, às 11 horas. Erick espera por uma partida difícil na casa do América-MG, mas projeta a primeira vitória do Alvinegro como visitante na competição.

"Para uma equipe que almeja grandes coisas no campeonato é importante vencer fora. Vai ser um jogo difícil. O América vem de derrota em casa, isso aumenta a pressão lá. Mas tenho certeza de que vamos fazer um bom jogo e colocar em prática tudo que o Guto passou para a gente", afirmou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogador de 23 anos se juntou ao elenco do Vovô no fim de julho. O dono da camisa 97 disputou os últimos três jogos do Ceará na Série A, todas saindo do banco de reservas. Até agora, ele soma cerca de 40 minutos em campo.

"Estou pronto, sim. Eu precisava de tempo para ganhar ritmo. Nos últimos três jogos que entrei na partida, ganhei ritmo de jogo. A partir do momento que o professor Guto optar por mim, estarei preparado", comentou o atleta ex-Náutico.

"Pelo tempo que estava parado, o rendimento foi bom. Estava sem ritmo na minha estreia, mas aos poucos venho ganhando ritmo. Venho trabalhar para entrar em campo e ajudar a equipe", avaliou Erick sobre os minutos em campo pelo Ceará.

Atacante de beirada, Erick elogiou os companheiros de posição no elenco, como Mendoza, Rick, Lima e Airton, falou sobre a disputa sadia no setor ofensivo e a qualidade do ataque. "É uma dor de cabeça que todo treinador gosta de ter. Tenho certeza que quem entrar vai dar conta do recado", afirmou.

"Acho que nos últimos dois jogos contra o Flamengo e o Corinthians, nosso time fez gol. Os jogadores na frente têm qualidade. A gente vem trabalhando na semana a finalização, parte tática, para as coisas fluírem e os números aumentarem", completou.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags