PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Noticia

Ceará e FCF enviam representantes para acompanhar jogo do Flamengo com presença de público

O confronto entre o Rubro-Negro e o Defensa y Justicia, pela Copa Libertadores, teve 25% da capacidade total do estádio Mané Garrincha liberado ao público, cerca de 18 mil lugares

21:27 | 21/07/2021
Representantes de Ceará e da FCF, durante visita ao estádio Mané Garrincha, para acompanhar o jogo entre Flamengo e Defensa y Justicia, pela Libertadores. (Foto: Ceará SC)
Representantes de Ceará e da FCF, durante visita ao estádio Mané Garrincha, para acompanhar o jogo entre Flamengo e Defensa y Justicia, pela Libertadores. (Foto: Ceará SC)

O Ceará e a Federação Cearense de Futebol (FCF) enviaram representantes para acompanhar a partida entre Flamengo e Defensa y Justicia, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, nesta quarta-feira, 21, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). 5.518 torcedores pagantes estiveram presentes na partida. A intenção da visita é entender o esquema de organização do evento, como protocolos e medidas sanitárias, visando implementar em futuros jogos na capital cearense.

A convite da diretoria de operações de jogo do Rubro-Negro, Elmo Maranhão, gerente operacional da FCF, e Veridiano Pinheiro, diretor de promoções e atividades sociais do Ceará, foram a Brasília acompanhar de perto o sistema utilizado para a realização da partida com torcedores no estádio. O diretor alvinegro acredita que será um "marco para a retomada do futebol''.

LEIA MAIS

+ Ceará acerta a contratação do atacante Erick, destaque do Náutico na atual temporada

+ Jorginho destaca sequência invicta do Ceará e mira vitória fora de casa na Série A

"O Ceará, sempre antenado no mercado, buscando se antecipar aos fatos, está presente para (se) atentar aos protocolos e medidas de segurança sanitária que estão sendo aplicadas neste evento, para já começar a pensar no retorno (do público), oferecendo segurança ao torcedor e uma boa experiência. Acredito que o torcedor está ansioso para voltar, mas precisamos ter cuidado e responsabilidade", explicou Veridiano em comunicado através do canal Vozão TV.

Mauro Carmélio, presidente da Federação Cearense de Futebol, garante que será enviado um projeto para o retorno gradual do público em jogos realizados em Fortaleza, mas a liberação depende exclusivamente do Governo do Estado. "Amanhã, com a chegada deles (Elmo e Veridiano), vamos preparar um relatório, com conteúdos que já temos, para apresentar, junto com a comissão contra a Covid-19, um projeto para que o governador possa analisar, com equipes de saúde, procuradoria e demais membros responsáveis, o retorno gradual do torcedor ao estádio. Só quem pode liberar é o Governo do Estado", disse em entrevista ao O POVO.

Este será o primeiro jogo com presença de público no estádio Mané Garrincha desde o início da pandemia de coronavírus. Para ter acesso ao ingresso, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e o Governo do Distrito Federal exigem a comprovação das duas doses da vacina contra a Covid-19, ou de dose única, no caso da Janssen, com pelo menos 15 dias. Outra possibilidade é apresentar o teste RT-PCR negativo com 48 horas de antecedência.