PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

"O Ceará me contratou porque eu tinha mudado", diz Buiú sobre seu retorno ao clube

O lateral-direito foi revelado pelo Vovô em 2015, rodou por outras equipes e voltou para o Alvinegro em 2020

Gabriel Lopes
16:53 | 10/05/2021
Buiú, lateral-direito do Ceará, falou sobre seu retorno ao clube (Foto: Marcelo Vidal/Ceará SC)
Buiú, lateral-direito do Ceará, falou sobre seu retorno ao clube (Foto: Marcelo Vidal/Ceará SC)

A carreira de muitos atletas de futebol é marcada por idas e vindas. O caso de Buiú, lateral-direito, está notado por um retorno ao clube que o revelou, o Ceará. O jogador começou nas categorias de base do Vovô em 2009 e fez a estreia no elenco profissional em 2015. Contudo, em 2017, ele começou a rodar por outros times brasileiros, como Joinville-SC, Bragantino-SP, Ferroviária-SP e Santo André-SP. Em 2020, Buiú voltou para o Alvinegro de Porangabuçu e integrou o elenco campeão do Brasileirão de Aspirantes. Na temporada 2021, ele subiu para o time principal e atualmente é a segunda opção na posição, atrás somente de Gabriel Dias.

O lateral-direito concedeu entrevista coletiva à imprensa nesta segunda-feira, 10, e comentou sobre sua mudança pessoal, o que proporcionou a volta dele para o Ceará.

Se o Ceará me trouxe de volta é porque eu mudei, porque se eu fosse o mesmo moleque de 2016 o Ceará não me contrataria. Pois eu era um menino indisciplinado, uma pessoa que fazia coisas que não agradavam nem a mim nem ao próximo. A minha mudança começou no ano de 2017, quando eu fui para o Joinville, onde eu me casei, construí uma família. Eu sou muito grato ao Ceará por me dar essa oportunidade de voltar para cá, de abrir as portas, de acreditar no meu potencial. E eu estou aqui para fazer história. Esse é o Buiú que vocês estão vendo hoje. Um cara mais dedicado, um cara mais profissional. Prometo dar muita alegria para a nação alvinegra”, disse.

Buiú foi titular na goleada do Vovô por 6 a 1 sobre o Caucaia neste domingo, 9, pela quarta rodada da segunda fase do Campeonato Cearense 2021. O técnico Guto Ferreira escalou uma equipe totalmente reserva, já que os titulares atuaram no sábado, 8, na decisão da Copa do Nordeste.

Neste confronto diante da Raposa Metropolitana, Buiú marcou um dos gols, o segundo dele com a camisa alvinegra, o primeiro desta segunda passagem. A bola na rede anterior tinha acontecido em 2016. Ele falou da importância deste tento e disse esperar fazer outros durante o ano.

“O primeiro gol é sempre histórico na vida de um jogador profissional. O meu ficou marcado não somente por ele, mas também pela minha comemoração. Eu subi no alambrado do PV, depois fui expulso. Meu segundo gol também foi muito especial. Venho batalhando, treinando forte, me dedicando, e fui coroado. Nos Aspirantes também fui feliz, marquei na final. Espero fazer mais gols ao decorrer deste ano”, ressaltou.