PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Ceará vence Jorge Wilstermann por 3 a 1 na estreia da Copa Sul-Americana

O Vovô marcou seus dois primeiros gols no primeiro tempo, com Pedro Naressi e Mendoza. Os bolivianos descontaram no início da segunda etapa, com Osorio. Mas Vina, no final do jogo, fez o terceiro do Alvinegro

Gabriel Lopes
21:08 | 21/04/2021
Ceará estreia na Sul-Americana diante do Jorge Wilstermann, no Castelão (Foto: FABIO LIMA/O POVO)
Ceará estreia na Sul-Americana diante do Jorge Wilstermann, no Castelão (Foto: FABIO LIMA/O POVO)

Na noite desta quarta-feira, 21, o Ceará fez sua estreia na Copa Sul-Americana 2021. Na Arena Castelão, o início do Vovô na competição internacional foi favorável, com uma vitória. O Alvinegro de Porangabuçu derrotou o Jorge Wilstermann, da Bolívia, por 3 a 1. Pedro Naressi (28 min/1ºT), cobrando penalidade, Mendoza (36 min/1ºT) e Vina (41 min/2ºT) marcaram para o Ceará, enquanto Osorio (8 min/2ºT), de pênalti, descontou para o Aviador.

Com o triunfo, o Vovô conquistou os primeiros três pontos no grupo C da Sul-Americana, que também jogam Arsenal de Sarandí-ARG, próximo oponente dos cearenses no torneio, na terça-feira que vem, 27, na Argentina, e Bolívar-BOL. Porém, antes desse compromisso, o Alvinegro entra em campo pela semifinal da Copa do Nordeste no próximo sábado, 24, às 16 horas, na Arena Castelão, contra o Vitória-BA.

O Ceará apresentou amplo domínio no primeiro tempo. No primeiro momento, o Vovô teve dificuldades para infiltrar na defesa boliviana, que se postou compacta com cinco defensores e quatro homens no meio de campo. Porém, mesmo assim, o Alvinegro conseguiu algumas finalizações, que foram se tornando mais perigosas com o passar do tempo. O resultado da insistência veio aos 28 minutos, quando a bola sobrou na entrada da área e Pedro Naressi, de primeira, acertou chute com o pé esquerdo no canto do goleiro Banegas.

Após o tento sofrido, o Jorge Wilstermann deixou a postura defensiva de lado e passou a ter mais a posse de bola. Contudo, o Aviador não capitalizou as trocas de passes em chances de empate. Esse posicionamento diferente deixou mais espaços para o Ceará, que chegou ao segundo gol aos 36 minutos, de pênalti. Bruno Pacheco sofreu carga por trás de Patito Rodríguez dentro da área e o árbitro marcou a penalidade. Mendoza converteu a cobrança e ampliou a diferença no placar.

O Vovô ainda teve oportunidade para deixar a diferença ainda maior no último minuto do primeiro tempo, quando Gabriel Dias cruzou para Vina, que, de no meio da área, finalizou se atirando na bola, mas o goleiro boliviano fez boa defesa. Assim, a primeira metade da partida terminou com triunfo do Ceará por 2 a 0.

No início do segundo tempo o Ceará voltou desatento na defesa e deu espaços para o Jorge Wilstermann, principalmente na ponta direita. E foi neste setor do campo que surgiu a penalidade máxima marcada para os bolivianos. Patito Rodríguez invadiu a área no limite do campo e foi puxado por Mendoza. Aos oito minutos, Osorio cobrou no ângulo e diminuiu a diferença no placar.

O Vovô permaneceu sem jogar bem após o gol sofrido, mas conseguiu impedir que o Aviador fosse agressivo no ataque. A melhora só veio com as entradas de Marlon e Saulo Mineiro, na metade da segunda etapa. Eles trouxeram mais vigor físico ao time no ataque e no sistema defensivo.

A melhoria fez com que o Ceará marcasse pela terceira vez, aos 41 minutos da etapa final. Mendoza conduziu contra-ataque e lançou bola em profundidade para Vina, que driblou o goleiro e chutou para a meta vazia. Assim, o Alvinegro de Porangabuçu derrotou o Jorge Wilstermann por 3 a 1.

+ Após marcar pela Sul-Americana, Mendoza chega a 3 gols nos últimos 5 jogos pelo Ceará

+ Vina brilha e marca na vitória do Ceará sobre o Jorge Wilstermann: "Dedico à torcida"

+ Ceará finalizou quase quatro vezes mais que o Jorge Wilstermann pela Sul-Americana

+ Após fazer gol na Sula, Naressi iguala marca da temporada passada no Ceará