PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Algoz do Vitória em 2020, Ceará reencontra rubro-negro no Nordestão 2021

Vovô eliminou o Leão baiano na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil na temporada passada e saiu invicto dos três confrontos

Lucas Mota
11:47 | 05/03/2021
Vina durante partida entre Ceará e Vitória na Arena Castelão pela Copa do Brasil.  (Foto: Aurélio Alves/ O POVO)
Vina durante partida entre Ceará e Vitória na Arena Castelão pela Copa do Brasil. (Foto: Aurélio Alves/ O POVO)

O Ceará entra em campo neste sábado, às 16 horas, no Castelão, contra o Vitória. O Vovô reencontra o Leão baiano após sair invicto dos confrontos em 2020 e eliminá-lo em sequência na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil.

Na temporada passada, foram três encontros. No primeiro deles, o técnico do Alvinegro ainda era Enderson Moreira. O embate foi válido pela terceira fase da Copa do Brasil, jogo de ida no Castelão, antes da paralisação do futebol devido à pandemia. Os cearenses venceram por 1 a 0 com gol de Rafael Sobis.

Na volta do futebol, em julho, a Copa do Nordeste foi concluída em Salvador. O Vovô encarou o Rubro-Negro pelas quartas de final da competição, no Pituaçu. Já sob o comando de Guto Ferreira, a equipe do Porangabuçu bateu o adversário pelo mesmo placar do triunfo na Copa do Brasil, desta vez com gol de Vina.

O terceiro e último confronto entre os times em 2020 foi o mais movimentado, com direito a sete gols e três expulsões. O duelo da volta pela Copa do Brasil foi disputado em agosto, um mês após a classificação do Ceará diante dos baianos no Nordestão. Atuando no Barradão, o Vitória começou com tudo o confronto e abriu 2 a 0 no placar com gols de Léo Ceará e Thiago Carleto.

Aos 30 minutos do primeiro tempo, Charles, do Vovô, e Léo Ceará, do Leão, foram expulsos. Na sequência, os visitantes tiveram pênalti a favor, que Rafael Sobis desperdiçou. No lance da penalidade, após reclamação, Vico, dos mandantes, foi expulso, deixando os cearenses com a vantagem numérica em campo.

Nos acréscimos do primeiro tempo, o Ceará diminuiu com Vina, convertendo nova penalidade. Na segunda etapa, com um a mais, o Vovô empatou após gol contra de Carleto. O tento da virada foi marcado por Fernando Sobral. Caicedo deixou tudo igual. Mas Lima colocou o Alvinegro à frente no placar novamente e selou o triunfo, garantindo a classificação na Copa do Brasil.

O jogo também foi marcado pela invasão do presidente do Vitória, Paulo Carneiro, no intervalo da partida para reclamar da arbitragem. O mandatário ainda ameaçou o meia-atacante Vina, que estava dando entrevista à beira do campo.