PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Com passagens pelo Ceará, ex-atacante Cléber Arado morre vítima da Covid-19

Ele atuou pelo Vovô nas temporadas de 2002 e 2004. Cleber Arado estava internado em hospital desde 29 de novembro, quando foi diagnosticado com o novo coronavírus

Wanderson Trindade
14:50 | 02/01/2021
Ídolo do Coritiba no final dos anos 1990, Cleber Arado chegou a atuar no Ceará nas temporadas de 2002 e 2004 (Foto: Coritiba Foot Ball Club / Divulgação)
Ídolo do Coritiba no final dos anos 1990, Cleber Arado chegou a atuar no Ceará nas temporadas de 2002 e 2004 (Foto: Coritiba Foot Ball Club / Divulgação)

O ex-atacante do Ceará, Cleber Arado, morreu neste sábado, 2, vítima de complicações causadas pela Covid-19. Aos 48 anos, ele estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Reabilitação, em Curitiba.

Antes de aposentar as chuteiras em 2006, o jogador chegou a atuar com a camisa do Ceará em 2002, quando realizou cinco jogos e marcou cinco gols. Na temporada daquele ano, levantou a taça do Campeonato Cearense, mas logo partiu para a Portuguesa.

Dois anos depois, retornou ao Vovô. Sem brilho, desta vez atuou em apenas um jogo, o suficiente para balançar as redes uma vez.

LEIA MAIS: Ex-Ferroviário, Marcelo Veiga, aos 56 anos, morre por Covid-19

Renê Weber, ex-jogador e auxiliar técnico, morre vítima de Covid-19

Mas foi no Coritiba onde ele brilhou. Por lá, ele foi campeão paranaense de 1999, "quando fez um golaço de voleio, histórico, contra o Paraná Clube, na primeira partida da final do campeonato", conforme relembrou o próprio Coxa-Branca em nota de pesar divulgada nesta tarde.

Cléber estava internado desde 29 de novembro, quando foi diagnosticado com o novo coronavírus, tendo quadro clínico piorado nos dias seguintes. De acordo com o Globo Esporte, o ex-atleta precisou ser entubado e chegou a desenvolver pneumonia por causa do uso do respiradores.

Tendo vestido mais de dez camisas de diferentes clubes, ele surgiu no América de São Paulo, em 1992. Rodou por times de pequena expressão do futebol nacional, mas também jogou no Japão e na Espanha.

Notas de pêsames

Tanto o Ceará como o Coritiba divulgaram notas de pêsames pela perda do ex-atleta. Confira na íntegra cada uma.

Nota de pesar do Ceará

O Ceará Sporting Club comunica e lamenta o falecimento de Cléber Eduardo Arado, falecido neste sábado, 2, por complicações no quadro de Covid-19, aos 48 anos, na cidade de Curitiba/PR. O ex-atacante foi peça fundamental na conquista do título estadual de 2002.

O primeiro jogo de Cléber pelo Vozão foi no dia 5 de maio de 2002, na vitória contra o Maranguape por 2 a 1. O atleta deixou o Ceará em 2004. Coritiba, Athletico, Mogi Mirim, Guarani, Portuguesa, Kyto Sanga e Mérida foram outros clubes por onde Arado passou.

Nesse momento de dor, o Alvinegro, em nome da Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo, se solidariza com familiares, amigos e torcedores, e reforça à sociedade a necessidade de manutenção dos cuidados para minimizar riscos de contaminação por Covid-19.

Nota de pesar do Coritiba

O Coritiba Foot Ball Club lamenta, com imenso pesar, o falecimento do ídolo coxa-branca, Cléber Arado, ocorrido na manhã deste sábado, 2. Vítima da Covid-19, Cleber esteve internado na UTI por 34 dias e infelizmente não resistiu.

Cléber Arado nasceu em São José do Rio Preto, em São Paulo, em 11 de outubro de 1972, foi revelado pelo América, e fez história no Coritiba no final dos anos 90. Cleber fez 85 jogos com a camisa alviverde e marcou 45 gols para a torcida coxa-branca vibrar. Foi campeão paranaense 1999, quando fez um golaço de voleio, histórico, contra o Paraná Clube, na primeira partida da final do campeonato.

O Conselho Administrativo do Coritiba, em nome da nação coxa-branca, presta aqui sua homenagem a familiares e amigos, com toda solidariedade. O clube alviverde decreta luto oficial por três dias, com bandeira a meio mastro e fará um minuto de silêncio no jogo do próximo dia 6 de janeiro, contra o Goiás, no Couto Pereira.