Participamos do

Guto elogia desempenho do Ceará e credita empate a lances pontuais

SÉRIE A | Treinador afirmou que Atlético-MG não foi efetivo no ataque e que Ceará foi melhor no segundo tempo: "Assumimos o protagonismo do jogo"
19:15 | Nov. 22, 2020
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Para Guto Ferreira, o Ceará não fez uma má partida no empate em 2 a 2 diante do Atlético-MG, neste domingo, 22, na Arena Castelão. Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador destacou que "uma relaxada na saída de bola" permitiu o empate, quando o Ceará jogava com um jogador a mais. "Acho que a gente precisa firmar um pouco mais ações defensivas para que a gente possa, fazendo os gols que a gente tem feito, poder vencer", disse o treinador.

No primeiro tempo, disse Guto, "fazíamos um jogo controlado, em que a equipe do Atlético, praticamente, não conseguia furar a nossa defesa". Segundo ele, mesmo quando o Atlético esteve em cima não foi eficiente. "Só que, infelizmente, levamos um gol de bola parada", lamentou. A entrada de Léo Chú, ainda no primeiro tempo, destacou Guto, melhorou o time, permitindo que a equipe abrisse mais o jogo e agredisse o adversário.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Nós crescemos no jogo. No segundo tempo, entramos com uma proposta de jogar. Fomos para cima, assumimos o protagonismo do jogo, fizemos dois gols, tivemos uma chance que o goleiro, infelizmente, fez uma grande defesa, em uma finalização do Vinícius e estávamos com o controle da partida", comentou o técnico.

Para ele, o empate ocorreu após o Ceará mudar a marcação baixa para uma mais alta, permitindo que, "em uma enfiada de bola rápida", Marrony saísse cara a cara com Prass e conseguisse o pênalti. "Mesmo assim, fomos para cima, com um jogador a mais, criamos chances, tivemos chances de fazer, fizemos um gol que foi anulado", disse, destacando ainda que o Atlético é um dos líderes do campeonato. "A gente vem em situações de tomar gol todos jogos e é uma busca de equilibrar a equipe".

Confira a entrevista na íntegra:

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags