PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Robinson de Castro vê retorno de futebol em maio como pouco provável

Mandatário alvinegro se posicionou sobre o assunto nesta quinta-feira, 30, em entrevista ao programa Expediente Futebol, da Fox Sports

Lucas Mota
20:13 | 30/04/2020
Presidente do Ceará, Robinson de Castrou avaliou retorno do futebol em maio
Presidente do Ceará, Robinson de Castrou avaliou retorno do futebol em maio (Foto: O POVO)

Presidente do Ceará, Robinson de Castro acha difícil a volta do futebol no Brasil, durante o mês de maio. O mandatário alvinegro se posicionou sobre o assunto nesta quinta-feira, 30, em entrevista ao programa Expediente Futebol, da Fox Sports.

+ Robinson prega cautela sobre contratações e confia no elenco: 'mais forte da nossa história'

"Não acredito nessa volta na primeira quinzena de maio. Acho impossível. Na segunda quinzena, se a gente fizer um esforço grande, só muito otimismo para voltar. Acho pouco provável pelo momento do Brasil inteiro. Não adianta voltar Ceará e não voltar os demais clubes para completar o campeonato. Ceará e Fortaleza são os dois grandes, mas os outros clubes não têm tanta capacidade para enfrentar problemas como nós temos", afirmou Robinson.

O dirigente explicou que o clube só retomará as atividades de treino com a autorização das autoridades governamentais. No estado do Ceará, o decreto de isolamento social vale até 5 de maio com possibilidade de nova extensão. O Esportes O POVO apurou que não há qualquer definição interna do governo estadual, por enquanto, sobre a volta do futebol.

+ Ceará está pronto para retomar treinamentos; Jogadores que viajaram voltam a partir de 4 de maio

Apesar de não ter prazo definido sobre a retomada do esporte, Robinson enfatizou na entrevista a preparação do Vovô no enfrentamento ao coronavírus. "Nós já fizemos todo nosso protocolo, com nossos médicos, contratamos consultoria e adquirimos testes. Encomendamos insumos, material de higienização, compramos kits de EPI, toda a ferramenta necessária para quando tiver a autorização (de volta), de imediato, treinar. Não temos dúvidas de que qualquer retorno antecipado é um ato de irresponsabilidade", comentou.

Listen to "#93 - Robinson de Castro abre o jogo: preocupação com coronavírus, testagem do elenco e volta do futebol" on Spreaker.