PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Robinson de Castro se diz contra paralisação do Cearense e critica decisão do MPF: "Exagerado"

Presidente do Vovô deu rápida entrevista após vitória por 2 a 1 sobre o Sport, no Nordestão

Vinícius França
17:56 | 15/03/2020
Robinson de Castro falou sobre decisão do MPF
Robinson de Castro falou sobre decisão do MPF (Foto: Reprodução/Lucas Mota)

O presidente do Ceará, Robinson de Castro, deu uma rápida entrevista para a imprensa após a vitória emocionante do Vovô sobre o Sport, por 2 a 1, em jogo válido pela Copa do Nordeste. O dirigente se manifestou contra a interrupção do Campeonato Cearense e criticou a ação do Ministério Público Federal em decretar portões fechados para o jogo contra o Leão pernambucano.

“Acho que o campeonato local não é pra parar. No máximo, estourando, portões fechados, mas acho que se parar vai prejudicar demais. É interessante interromper por 15 dias pro país se proteger do vírus, aí se (o coronavírus) não alavancar, em dez ou 15 dias acaba a situação”, disse Robinson. O presidente também falou que a paralisação do Nordestão cabe à Liga do Nordeste, mas existe um impasse em relação a essa responsabilidade.

Robinson de Castro elogiou a forma como a CBF vem lidando com a interrupção das competições devido à pandemia do novo coronavírus, mas questionou a medida do MPF de impedir entrada de torcida no jogo deste domingo: “Acho que está sendo bem conduzido, mas hoje eu achei que foi exagerado essa decisão do Ministério Público Federal, na véspera do jogo ter que lidar com essa ação. Só dez horas da manhã que fomos efetivamente comunicados que fomos terceira parte do processo”.

O Ceará entrou com um recurso para que o jogo com o Sport fosse com portões abertos, mas o pedido foi indeferido pelo Tribunal Federal Regional da 5ª região no início da tarde deste domingo. “Agora, também vai ter fila pra devolver ingresso, aí como o fica o coronavírus nessa? Mas tudo bem, o importante é sair daqui feliz com o resultado”, finalizou o presidente do Vovô.

Em nota divulgada neste domingo, a CBF anunciou a paralisação da Copa do Brasil, Campeonatos Brasileiros Femininos A1 e A2, Campeonato Brasileiro Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20. No que impacta o futebol cearense, a curto prazo, a medida atinge o jogo de volta entre Vitória x Ceará, pela Copa do Brasil, que estava marcado para a próxima quarta-feira, no estádio Barradão, em Salvador, e os jogos de Ceará e Fortaleza na Série A-2 do Campeonato Brasileiro de futebol feminino.