Participamos do

Luva de Pedreiro: quem é o baiano e jovem torcedor do Vasco que viralizou

Com apenas 20 anos de idade, o torcedor do Vasco Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, tem visto sua vida mudar após bordões usados por ele viralizarem, como o Receba
00:20 | Mar. 24, 2022
Autor Kauanna Castelo
Foto do autor
Kauanna Castelo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O baiano Iran Ferreira, conhecido como 'Luva de Pedreiro', tem dominado as redes sociais nas últimas semanas. Esbanjando carisma e talento com a bola nos pés, o torcedor do Vasco de apenas 20 anos de idade tem visto sua vida mudar após uma série de bordões usados por ele viralizarem mundo afora, chegando a serem reproduzidos por craques do esporte como Neymar, Gabigol e Serge Gnabry.

Por estímulo familiar, Iran carrega desde a infância uma admirável paixão pelo Vasco da Gama. Em seus vídeos, o jovem faz questão de exaltar o time carioca - seja vestindo a camisa do clube ou beijando a cruz de malta. Nessa segunda-feira, 21, o vascaíno desembarcou no Rio de Janeiro a convite do Gigante da Colina, que durante sua estadia fez questão de proporcionar momentos ainda não vivenciados por ele.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Iran experimentou pela primeira vez alguns sabores e sensações como viajar de avião, comer pizza, batata frita e curtir uma praia. Além disto, nesta quarta, 23, Iran foi levado ao estádio São Januário, pertencente ao clube do coração, onde conheceu os jogadores e teve o prazer de cobrar pênalti em campo. Com direito, claro, a comemoração repleta de alegria e bordões. E a emoção foi tanta, que ele chegou até a morder a grama do estádio.

Com simplicidade, o Luva de Pedreiro agradece ao futebol pelos novos rumos que sua vida vem tomando."Futebol é vida, é alma. Futebol pra mim é importante. Pra falar a verdade, sem o futebol eu não sou nada. Futebol move o mundo. É o prazer da minha vida. Eu sou um 'cabrá' que ama o futebol", disse. Mas, afinal, quem é esse novo fenômeno da internet?

Conheça Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro

Em vídeo postado em seu canal no YouTube, onde acumula mais de 641 mil seguidores, Iran Santana Alves conta um pouco sobre sua história de vida. Segundo ele, o sonho de se tornar jogador de futebol profissional surgiu ainda na infância. "Comecei a jogar bola aos 5 anos de idade. Sempre tive o sonho de ser jogador de bola profissional, mas como as coisas são difíceis, eu não tive a oportunidade. Sendo assim vou focar agora em fazer vídeo e gerar conteúdo", disse. 

Foi no TikTok, onde já alcança a marca de 9,5 milhões de seguidores, que Iran encontrou a oportunidade de mostrar suas habilidades e paixão pelo futebol. É em um campo de terra, com espinhos e plantas, em Tábua, povoado da cidade de Quijingue, na Bahia, que o jovem grava vídeos curtos em que apresenta chutes precisos à longa distância. A cada golaço, o baiano comemora com intensidade e repete bordões que tornaram-se sua marca registrada como: "Receba" e "Graças a Deus, Pai". 

Por que o torcedor do Vasco é conhecido como "Luva de Pedreiro"?

Mesmo com poucos recursos e uma estrutura simples, Iran decidiu adotar uma identidade visual própria. Inspirado na vestimenta de jogadores europeus, que usam luvas de inverno durante os jogos, o jovem investiu o pouco dinheiro que tinha na compra de um par de luvas de pedreiro, o que lhe rendeu o apelido, de início, pejorativo. 

"Eu fui na casa de construção e comprei uma luva de pedreiro. Quando eu fazia os vídeos com essa luva, todo mundo me chamava de 'luva de pedreiro', me criticando", explicou Iran, que ignorou os comentários negativos e utilizou o apelido a seu favor. "Aí eu disse: 'quer saber de uma, eu vou jogar esse apelido pra mim, como um incentivo.' A luva de pedreiro é um diamante bruto que eu soube lapidar. É com ela que a mágica acontece”, finalizou. 

'Receba': os bordões do Luva de Pedreiro

A singularidade e simpatia de Iran ultrapassaram as barreiras digitais. Além do inegável talento com a bola, o jovem baiano conseguiu criar bordões que não saem da mente e boca do povo. Em suas comemorações uniu o "Siii" de Cristiano Ronaldo, a frases curtas e fáceis de serem pronunciadas, o que facilitou a reprodução das mesmas até por quem não domina o idioma brasileiro. Veja abaixo alguns de seus bordões:

  • Receba!
  • Graças a Deus, Pai!
  • Obrigada meu Deus!
  • Melhor do mundo.

Em uma só frase ele consegue encaixar todos os bordões, falando-os de forma rápida e intensa. "Receba! O cara da luva de pedreiro é o melhor de todos. Obrigado, meu Deus! Siii. Cara da luva de pedreiro. Tem que respeitar nós do Brasil, sempre! Os brasileiros são os melhores que têm. Siii. Obrigada, meu Deus, por esse dom. Sou o melhor jogador do mundo. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo", diz Iran em seus vídeos.

Luva de Pedreiro conquistou Neymar, Gabigol e até filho de Cristiano Ronaldo

O Luva de Pedreiro se tornou um meme consagrado dentro do universo futebolístico. Tamanho sucesso foi capaz de alcançar craques do esporte em âmbito global. Neymar, Gabigol, Gnabry e até o filho de Cristiano Ronaldo já mencionaram alguns dos bordões de Iran em suas redes sociais. "Não estou acreditando nisso que tem acontecido comigo, tenho muita fé em Deus por isso. Meu sonho está sendo realizado, ver as pessoas me reconhecendo, fazendo o "receba'', isso é magnífico para a minha carreira", disse.

Devido aos números exorbitantes em suas redes sociais, Iran pode ser considerado um dos principais influenciadores do futebol na era digital. Em um curto período de tempo, ele já é acompanhado por internautas de todos os cantos do planeta, contabilizando 9,5 milhões de seguidores no Titktok, 6 milhões no Instagram, 636 mil inscritos no YouTube, além de 458 mil adeptos no Twitter.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar