PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

FCF não atende pedido do Fortaleza e confirma eleição nesta terça-feira

Sem concorrência, Mauro Carmélio e Eudes Bringel serão reeleitos para o quadriênio 2022-2025

Brenno Rebouças
19:38 | 19/07/2021
Mauro Carmélio preside a Federação Cearense de Futebol desde 2009 (Foto: DEÍSA GARCÊZ/Especial para O POVO em 31/1/2020)
Mauro Carmélio preside a Federação Cearense de Futebol desde 2009 (Foto: DEÍSA GARCÊZ/Especial para O POVO em 31/1/2020)

Apesar do pedido do Fortaleza para cancelar o pleito, a Federação Cearense de Futebol confirmou para esta terça-feira, 20, a eleição para presidente, vice-presidente e conselho fiscal da entidade para o próximo quadriênio 2022-2025. Sem concorrência, Mauro Carmélio e Eudes Bringel serão reeleitos.

Denominada “Para continuar crescendo”, a chapa única, que conta com a assinatura de 23 clubes e 12 ligas. A votação simbólica ocorrerá de 10 horas ao meio dia, na sede da FCF. A posse, no entanto, só ocorrerá em dezembro, precisamente no dia 16, quando acaba o atual mandato. Enquanto Carmélio vai para a quarta reeleição, Bringel será reeleito pela segunda vez.

O Fortaleza não assinou a chapa, ou seja, não declarou apoio, e pediu o cancelamento do pleito alegando inconformidade do processo eleitoral com o que manda a Lei Pelé. O motivo apontado pelo clube é a falta de uma comissão apartada para conduzir a eleição. Tal função ficou por conta do departamento jurídico da FCF.

Foi o jurídico da entidade, inclusive, que analisou o requerimento do Fortaleza, nesta segunda-feira, 19. Sem comentar a decisão, a Federação apenas confirmou a manutenção da eleição.