Participamos do

F1: não haverá corrida neste domingo, 17; saiba quando será o próximo GP

Hoje, sábado, 16 de outubro (16/10), e domingo, 17, não ocorrerão treinos ou corrida de Fórmula 1. O Grande Prêmio dos Estados Unidos de F1 irá ocorrer no Circuito das Américas, no dia 24
00:05 | Out. 16, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Não haverá treino ou prova de Fórmula 1 hoje, sábado, 16 de outubro (16/10), e domingo, 17. O Grande Prêmio dos Estados Unidos de F1 irá ocorrer no Circuito das Américas, no dia 24 de outubro (24/10), domingo.

Na sexta-feira, 22, e no sábado, 23, os competidores participarão de treinos e classificatórias. Os eventos terão transmissão ao vivo em rede aberta de TV, no canal Band. Além disso, serão transmitidos online no portal da Band e no aplicativo BandPlay.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

GP dos Estados Unidos de F1

Construído em uma área de solo instável em Austin, no Texas, o Circuito das Américas apresenta problemas de ondulação com frequência. Em 2019, última vez em que ocorreu o GP dos EUA, obras emergenciais precisaram ser feitas após reclamações dos pilotos. Novas reformas foram programadas para 2020, mas a administração do local as prorrogou com o cancelamento do GP devido à pandemia de Covid-19.

No começo deste mês de outubro, o Circuito das Américas recebeu a MotoGP, e mais uma vez os pilotos emitiram suas reclamações quanto às condições da pista. Foi exigido um recapeamento do trecho sinuoso entre as curvas 2 e 11 como condição mínima para o evento retornar ao local no próximo ano.

Michael Masi, diretor de prova da F1, enviou Tony Cotman para analisar a pista e fornecer uma opinião sobre a situação do asfalto. Ele é um experiente dirigente da IndyCar, órgão responsável por competições automobilísticas de monoposto nos Estados Unidos, e autor do design de algumas pistas usadas pela categoria. Ao portal Autosport, Masi se mostrou despreocupado com o Circuito das Américas.

"Conversei por telefone com os colegas da FIM [Federação Internacional de Motociclismo] enquanto eles estavam em Austin para entender a situação por completo", contou ele. "O circuito está recebendo mudanças para resolver algumas das preocupações. Eles vão remover alguns ressaltos, coisas assim. Mas temos algum tempo. Eles vão fazer tudo que puderem dentro do prazo", finalizou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags