Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

MDB faz convenção, mas só definirá vice de Elmano ao receber pesquisa ainda hoje

Presidente estadual da sigla, Eunício Oliveira espera números até o fim da tarde de hoje para definir nome que será indicado à vaga

O MDB Ceará realizou convenção na manhã desta sexta-feira, 5, em Fortaleza, último dia do prazo definido pela Justiça Eleitoral para a realização do evento partidário. Mas, o partido não anunciou o nome que será indicado à vaga de vice na chapa encabeçada por Elmano Freitas (PT). O presidente estadual da sigla, Eunício Oliveira, informou que a decisão sairá até o fim da noite de hoje — até porque o prazo termina.

Segundo ele, a definição está condicionada aos resultados de uma pesquisa qualitativa encomendada pelo partido. “Vamos receber os números depois das 17 horas. Assim que terminar, teremos uma avaliação para escolher um nome”, justificou na convenção. “Me deem um tempinho de paciência. O lugar é nosso”, acrescentou o presidente, que também é candidato a deputado federal nas eleições deste ano.

Na convenção, o partido homologou as candidaturas para deputado federal e estadual e reafirmou a aliança com o PT no plano estadual e nacional. “Vamos votar no Elmano para o Governo, no Camilo [Santana] para o Senado e em Lula para presidente”, asseverou Eunício. Em seu discurso, ele também fez elogios ao deputado estadual Zezinho Albuquerque (Progressistas), o classificando como “um homem corajoso por ter a ousadia de romper com os coronéis que querem empurrar candidaturas de goela abaixo”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Durante sua fala, Eunício evitou aprofundar as discussões sobre a escolha para a vice na chapa petista, mas descartou a indicação de sua esposa, Mônica Paes de Andrade, apontada por alguns emedebistas como o nome de consenso dentro da sigla. “Era minha alegria se ela pudesse ser, mas ela mora em Brasília com os netos”, justificou Oliveira ao negar a possibilidade. “Foi um pedido dela [não ser candidata]”, acrescentou.

Dentro do partido, conforme O POVO já noticiou nesta quinta-feira, 4, o deputado estadual Nelinho Freitas (MDB) é o mais cotado para a indicação à vaga. Procurado na tarde desta sexta-feira, 5, ele confirmou que mantém o seu nome à disposição do partido, mas disse que nada ainda havia sido definido até o momento do contato, por volta das 16h20min.

Impasse

O acordo que atribuiu ao MDB a prerrogativa de indicar o vice na chapa encabeçada por Elmano foi costurado diretamente pelo ex-presidente Lula, que mantém relações políticas estreitas com Eunício.

A expectativa era que o nome fosse anunciado durante a convenção do PT, no último dia 30, aproveitando a participação do petista no evento. Contudo, sem consenso interno, o diretório estadual postergou a decisão para o último dia do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral para a realização das convenções partidárias.

Contudo, mesmo com a convenção realizada na manhã desta sexta-feira, 5, o impasse continua e deve ter desfecho somente aos 45 minutos do segundo tempo. Pela legislação eleitoral, o partido deve formalizar a decisão até as 23h59min de hoje.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar