Participamos do

Sony proíbe entrevista com Adele após jornalista dizer que não escutou ‘30’

Matt Doran, entrevistador do programa de televisão australiano "Weekend Sunrise", não escutou o álbum de Adele antes de sua entrevista
14:35 | Nov. 23, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Matt Doran, entrevistador do programa de televisão australiano “Weekend Sunrise”, viajou para o Reino Unido com o objetivo de entrevistar Adele sobre seu novo álbum “30”. Ele, porém, não havia escutado as músicas do disco e comentou sobre o assunto durante a conversa com a artista. Por causa disso, a Sony proibiu a divulgação da gravação.

De acordo com o jornalista, ele havia recebido o conteúdo por e-mail, mas não tinha percebido. A entrevista ocorreu antes da estreia oficial das músicas para o público geral. “Foi um descuido, mas não um desprezo deliberado. Este é o e-mail mais importante que já perdi”, disse para o jornal “The Australian”.

Segundo informações publicadas por portais estrangeiros, Adele questionou Matt Doran sobre o que ele tinha achado de seu quarto álbum. Foi neste momento que admitiu que ainda não tinha escutado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ele defende que, ao contrário do que está sendo comentado nas redes sociais, a cantora não teria saído no meio da entrevista. “Adele não saiu furiosa. Na verdade, foi o oposto. O que deveria ser 20 minutos foi estendido para 29 minutos”, afirmou.

O jornalista também desmentiu que teria desviado de questionamentos com foco no trabalho dela. “A maior parte do bate-papo foi sobre o álbum. Eu disse a ela: 'Eu só tive o privilégio de ouvir 'Easy on Me', mas não as outras faixas’”, relatou.

Colunistas sempre disponíveis e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags