Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Vídeo: Safadão confessa que traiu Thyane Dantas após nascimento da 1ª filha

Wesley Safadão confidenciou a traição chorando, ao lado de Thyane Dantas, em vídeo no Instagram do pastor André Vitor, que é amigo de vários famosos. Assista à gravação
19:11 | Set. 07, 2021
Autor Jornal do Commercio
Foto do autor
Jornal do Commercio Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Wesley Safadão confessou que traiu Thyane Dantas após nascimento da primeira filha do casal, no ano de 2014. Ele confidenciou a traição chorando, ao lado da digital influencer, em vídeo no Instagram do pastor André Vitor, que é amigo de vários famosos.

O artista disse que “estava cego” quando tudo aconteceu. “Só sabe quem passa, né? O tanto de coisas que fiz com que ela chegasse na situação que você a encontrou [Safadão se refere ao pastor], todo sofrimento. Estava cego."

"Me lembro quando foi o segundo mês da Ysis… No segundo mês, caiu a ficha. Só que eu não sabia o que fazer. Na saída… Eu terminei os parabéns do mesversário da Ysis e, quando eu ia saindo, disse: ‘Meu Deus, me ajuda’. Sabia que não era isso que eu queria. Quando entrei no carro: ‘E aí? Vamos embora?…'”, relembrou.

Vídeo: Safadão confessa que traiu Thyane Dantas 

Assista à gravação clicando aqui ou no player abaixo:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Caso Thyane e Safadão: 11 pessoas já foram ouvidas em investigação sobre vacinas

VACINAÇÃO
17:17 | Ago. 24, 2021
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ministério Público do Ceará (MPCE) informou, nesta terça-feira, 24, que 11 pessoas já foram ouvidas na investigação que apura irregularidades na vacinação contra a Covid-19 do cantor Wesley Safadão, da esposa e influencer Thyane Dantas e da produtora do artista, Sabrina Tavares, no dia 8 de julho, em Fortaleza. Os três também são investigados pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) da Capital.

Além do trio envolvido no caso, alguns servidores públicos de Fortaleza também foram escutados pelo órgão. Conforme nota enviada ao O POVO, o MPCE informa que eles foram ouvidos nos dias 12 a 18 de agosto. Nesta quinta-feira, 26, está marcada a terceira audiência para ouvir mais testemunhas do caso.

O Ministério Público também informou que o prazo para a conclusão das investigações é de 90 dias, conforme resolução do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Além das investigações do MPCE, o artista, a esposa e a produtora são investigados pela SMS, que informou anteriormente a abertura de um processo administrativo para averiguar a aplicação da vacina. O POVO procurou a SMS por e-mail para detalhar como estão as investigações do caso. Pasta apenas informou que "o caso está sendo apurado".

SOBRE O ASSUNTO | 

Proposta após "caso Safadão", CPI dos fura-filas trava na Câmara de Fortaleza

Vacina da Covid: produtora de Safadão também é investigada por suspeita de irregularidade

Xepa de vacina contra Covid-19 existe em Fortaleza? Saiba como o processo funciona

Caso Thyane e Safadão

No dia 8 de julho, a influencer Thyane Dantas, 30, recebeu a vacina contra a Covid-19 de forma antecipada, pois a faixa etária da esposa do cantor Wesley Safadão ainda não estava sendo convocada na lista de agendados para a imunização contra a doença, em Fortaleza. Na época, Thyane disse ter sido contemplada pela "xepa" da vacina. SMS descartou o argumento da influencer.

No caso do Safadão e da produtora Sabrina Tavares, ambos são investigados por terem sido imunizados fora do local de convocação pela Prefeitura da Capital. O nome do cantor e da produtora constavam na lista de agendados para imunização no Centro de Eventos, no bairro Edson Queiroz, mas eles foram vacinados no North Shopping Jóquei. O Ministério Público apura se eles se dirigiram a outro local para escolher o imunizante.

Confira a nota na íntegra:

"O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) informa que as investigações estão em curso, sendo que 11 pessoas já foram ouvidas nos dias 12 e 18 de agosto, incluindo aquelas diretamente envolvidas no caso e alguns servidores públicos. Outras pessoas serão ouvidas em audiência marcada para a quinta-feira (26/08). Ademais, ainda há diligências em andamento. O prazo para a conclusão das investigações é de 90 dias, conforme resolução do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Quanto à sindicância da Secretaria da Saúde do Município de Fortaleza (SMS), o MPCE não possui informações, pois se trata de procedimento afeto àquele órgão municipal."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Juliette estreia no Criança Esperança com gravação em Quixadá: "que emoção!"

MÚSICA
16:30 | Ago. 23, 2021
Autor
Tipo Notícia

A vencedora do Big Brother Brasil (BBB) 2021, Juliette Freire, publicou fotos em Quixadá, no interior do Ceará, nesta segunda-feira, 23, em seu perfil no Instagram. As imagens fazem parte da apresentação musical da ex-BBB na 36ª edição do Criança Esperança, que acontece hoje, às 22h30, com artistas como Ivete Sangalo e Iza.

"Que emoção! Hoje estarei no Criança Esperança, esse projeto tão lindo que espalha amor e cuidado pelas nossas crianças. Precisamos cuidar uns dos outros", diz a publicação. De acordo com o site do evento, Juliette terá dueto com o cantor Wesley Safadão nas músicas "Anunciação" e "Disparada".

A advogada esteve em Fortaleza no dia 4 de agosto para compromissos profissionais. Na mesma data, ela foi flagrada ao lado de Safadão na cidade de Quixadá. Neste mês, a ex-bbb anunciou o lançamento do seu primeiro EP.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Proposta após "caso Safadão", CPI dos fura-filas trava na Câmara de Fortaleza

COVID-19
14:23 | Ago. 10, 2021
Autor Carlos Mazza
Foto do autor
Carlos Mazza Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Está travada na Câmara Municipal proposta que quer criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possível auxílio de agentes públicos a pessoas que “furaram a fila” da vacinação em Fortaleza. Quase um mês após o início das articulações, a oposição reuniu apenas dez das 15 assinaturas necessárias para a instalação do grupo.

A dificuldade ocorre sobretudo pois apenas a oposição de centro-direita e direita, mais ligada ao grupo do deputado Capitão Wagner (Pros) e ao bolsonarismo, abraçou a proposta. Vereadores de oposição da esquerda, incluindo três parlamentares do PT e dois do Psol, não assinaram o pedido do vereador Julierme Sena (Pros).

Segundo o líder da oposição, vereador Márcio Martins (Pros), o “estopim” para a ação foi o caso envolvendo Thyane Dantas, esposa do cantor Wesley Safadão, vacinada em julho mesmo sem constar no sistema de vacinação da Prefeitura. O Ministério Público do Ceará (MP-CE) e a Secretaria da Saúde de Fortaleza abriram investigações sobre o caso.

Curiosamente, no entanto, a proposta recebeu adesão de dois integrantes da base aliada do prefeito José Sarto (PDT), Enfermeira Ana Paula (PDT) e Marcelo Lemos (PSL). O vereador Jorge Pinheiro (PSDB), que se diz independente mesmo com a participação do PSDB na gestão pedetista, também assinou o pedido de CPI da oposição.

Já outros nomes eleitos pela oposição, como Ronaldo Martins (Republicanos) e Bruno Mesquita (Pros), ainda não assinaram a proposta. Nos últimos meses, os dois têm evitado entrar em conflitos com a gestão Sarto no parlamento. Na próxima quarta-feira, Julierme Sena se reunirá com Ronaldo Martins para tentar convencer ele a aderir à iniciativa.

“Nós já tínhamos feito alguns pronunciamentos cobrando mais transparência nessa questão das filas. Alguns dos vereadores tinham feito inclusive requerimentos (sobre a questão de “fura-filas”)”, diz Márcio Martins. “Mas aí o caso da Thyane aguçou, com toda certeza, demonstrou a facilidade com que se tem isso. E não existe em lugar nenhum, do Brasil ou do mundo, que se fure fila sem a contribuição dos agentes públicos”, diz.

Até agora, no entanto, a oposição ainda precisa de cinco assinaturas para a instalação do grupo. Em conversa com O POVO, Julierme Sena destaca que ainda faz articulações de olho em viabilizar a instalação do grupo. As conversas buscam sobretudo o grupo de parlamentares de oposição pela esquerda com PT e Psol.

Vice-líder do governo na Câmara, o vereador Léo Couto (PSB) já minimizou a necessidade de instalação da CPI, destacando que possíveis casos de “fura-fila” já são investigados pelo MP-CE e pela própria Prefeitura. “O que não posso admitir é que alguns vereadores estejam querendo criar um palanque político para crescer em cima disso aí”, afirma.

“Ano que vem é ano eleitoral, e o que está sendo feito é criando uma situação de campanha antecipada. E eu acho que não é o momento para isso, ainda mais para assunto que é tão importante para a população, que tantas pessoas estão perdendo a vida”, diz. “Essa possível situação de fura-fila já estão sendo apurados pelos órgãos competentes”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags