PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Andressa Urach pede ajuda para entrar no BBB: "Recuperar o que a Universal me levou"

"Os 2 milhões que eu doei para a Igreja Universal estão me fazendo falta", revelou a ex-dançarina

17:40 | 19/07/2021
Andressa Urach estaria dependendo do auxílio de pessoas próximas para se sustentar (Foto: Reprodução/ Instagram)
Andressa Urach estaria dependendo do auxílio de pessoas próximas para se sustentar (Foto: Reprodução/ Instagram)

Neste domingo, 18, a modelo e ex-participante da “A Fazenda”, Andressa Urach, revelou em suas redes sociais que deseja participar da 22ª edição do Big Brother Brasil.

Em suas contas no Twitter e no Instagram, a influencer pediu que seus seguidores ajudassem para que ela a entrar no reality e disse que estava precisando do dinheiro: “Os 2 milhões que eu doei para a Igreja Universal está [sic] me fazendo falta”.

LEIA MAISBBB 22: inscrição está encerrada; veja dicas e o que acontece agora

Andressa entrou com uma ação contra a Igreja Universal neste ano para reaver doações que fez quando era membro da instituição. Segundo o UOL, a modelo doou mais de 2 milhões de reais de ofertas, em dinheiro, carros e joias.

"Se aproveitaram da minha fragilidade, por causa do meu borderline. Sempre me entrego a tudo com intensidade! Queria entrar no BBB para ganhar o prêmio e recuperar o que a Universal me levou", escreveu a ex-dançarina.

A influencer marcou Boninho, o diretor do programa, em seu apelo, e pediu que os fãs começassem uma campanha no Twitter. “Bem que o pessoal do Twitter podia me ajudar a ganhar esse prêmio do Big Brother. Ajuda aí, gente. Ajuda a chamar o Boninho para convencer ele a me chamar para o BBB. Tô precisando”, afirmou.

As inscrições para o BBB 22 encerraram na quarta-feira, 14. Nas redes sociais, Boninho revelou que no último dia houve um pico de quase 400 mil pessoas tentando finalizar o cadastro de inscrição. O Big Boss disse que ainda pode haver uma nova chance para quem não conseguiu concluir a inscrição.

LEIA MAIS | Participantes do No Limite comem olhos de cabra, larvas e baratas em prova

“A gente está dando uma olhada pra ver se temos capacidade de olhar mais algumas pessoas. Aí, gente vai abrir mais uma chance pra aumentar esse número, mas isso vai depender do fôlego da nossa produção”, pontuou.