Participamos do

Pfizer confirma resultados positivos de comprimido anticovid em estudos

Os resultados são baseados em todos os participantes nos testes, mais de 2.200 pessoas
10:55 | Dez. 14, 2021
Autor AFP
Tipo Notícia

O laboratório farmacêutico americano Pfizer afirmou nesta terça-feira, 14, que seu comprimido contra a covid-19 reduziu as hospitalizações e mortes entre as pessoas em risco em quase 90% quando tomado nos primeiros dias após o surgimento dos sintomas, de acordo com os testes clínicos.

Os resultados são baseados em todos os participantes nos testes - mais de 2.200 pessoas - e confirmam o que foi anunciado no início de novembro a partir de conclusões preliminares.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Não foram registradas mortes entre os que receberam o tratamento. Os participantes não estavam vacinados e tinham risco elevado de desenvolver um caso grave de Covid-19.

A Pfizer também anunciou que espera que seu tratamento antiviral, que será comercializado com o nome Paxlovid, continue sendo eficaz contra a variante ômicron.

"Isto destaca o potencial deste (fármaco) candidato para salvar a vida de pacientes em todo o mundo", afirmou Albert Bourla, CEO da Pfizer, citado em um comunicado.

"Variantes preocupantes como a ômicron exacerbaram a necessidade de opções de tratamento acessíveis para aqueles que contraem o vírus", completou.

Os antivirais atuam diminuindo a capacidade de um vírus se replicar, o que desacelera a doença. Estes tratamentos representam um complemento crucial das vacinas para a proteção contra a covid-19, em particular porque são muito fáceis de administrar e podem simplesmente ser tomados em casa por via oral.

A Pfizer também é fabricante de uma das vacinas contra a covid-19 mais utilizadas no mundo.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags