Participamos do

China confina meio milhão de pessoas por foco de Covid

Zhejiang, um polo industrial e exportador na costa leste do país, registrou 44 dos 51 casos de Covid-19 por contágio direto detectados
07:18 | Dez. 14, 2021
Autor AFP
Tipo Notícia

A província de Zhejiang, motor econômico da China, registrou nesta terça-feira, 14, um foco de Covid-19, e as autoridades anunciaram o confinamento de meio milhão de pessoas, assim como o fechamento de estabelecimentos comerciais em vários distrito.

Zhejiang, um polo industrial e exportador na costa leste do país, registrou 44 dos 51 casos de Covid-19 por contágio direto detectados nesta terça-feira na China, o que elevou a quase 200 as infecções desde a semana passada.

Embora o número de contágios na China seja minúsculo na comparação com outras grandes economias, as autoridades de Zhejiang organizaram testes em larga escala e confinamentos localizados para enfrentar o surto, a poucas semanas do início dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim (4 a 20 de fevereiro).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Mais de 540.000 pessoas foram confinadas em Zhejiang, de acordo com as autoridades.

A imprensa chinesa informou na segunda-feira que o país detectou o primeiro caso da variante ômicron da covid-19 na cidade de Tianjin (norte).

Nos últimos dias, alguns distritos de Ningbo, o principal porto de Zhejiang, e a cidade vizinha de Shaoxing também anunciaram a suspensão de algumas operações comerciais.

Em Zhenhai, um distrito de Ningbo com uma grande base petroquímica, todas as empresas consideradas não cruciais foram obrigadas a fechar as portas. Os produtores petroquímicos reduziram as atividades.

Várias empresas da capital provincial Hangzhou também suspenderam a produção.

Centenas de voos com decolagem de Hangzhou foram cancelados nesta terça-feira.

Zhejiang é uma das províncias chinesas com PIB e exportações mais elevados.

"O fechamento das fábricas de Zhejiang vai afetar a cadeia de abastecimento de vário setores, especialmente fibras e têxteis", declarou à AFP Zhaopeng Xing, diretor na China da ANZ Research.

Ele considera que o impacto será similar ao registrado em setembro e outubro, quando a China aplicou um racionamento de energia para enfrentar uma crise de energia elétrica.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags