Participamos do

Líder de movimento 'antimáscara' nos EUA morre aos 30 anos de Covid-19

O homem estava inconsciente no hospital desde 8 de agosto. Quando teve os primeiros sintomas, não fez o teste e começou a tomar ivermectina
22:51 | Ago. 29, 2021
Autor Alice Sousa
Foto do autor
Alice Sousa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Caleb Wallace, 30, líder de um movimento 'antimáscara' chamado "San Angelo Freedom Defenders", que organizou uma espécie de 'motocada' em novembro do ano passado para protestar contra a "tirania do governo pela Covid-19", morreu em vitude de infecção. A morte foi registrada no último sábado, 28, mas desde o dia 8 de agosto ele já estava utilizando ventilação mecânica. 

A esposa do homem, Jessica Wallace, criou uma conta em uma plataforma para arrecadar fundos para pagar as despesas médicas. Ele já vinha internado desde o começo do mês. Foi nesse rede social que ela anunciou o falecimento de Caleb. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com a viúva, os sintomas surgiram ainda em julho, quando ele se recusou a fazer o teste e começou a se automedicar com ivermectina, vitamina C, zinco e ácido acetilsalicílico, todos ineficazes contra a Covid-19. 

Quatro dias depois, Caleb foi internado em um hospital de San Angelo, no Texas. Na semana seguinte, ainda dependendo de respiradores, teve uma piora acentuada no quadro e ficou inconsciente.

Em vídeos publicados na internet, o americano criticava a realização do RT-PCR, por causa "do alto número de falsos positivos", conforme noticiou o Huffpost. Ele deixa três filhas e uma esposa grávida, com previsão de o bebê nascer em setembro. 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags