Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Fortaleza terá apenas aplicação de segunda dose no fim de semana; veja os locais

Capital agendou todas as primeiras doses para esta sexta, 30. Saiba em qual ponto comparecer para receber a segunda dose das vacinas CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer
12:30 | Jul. 30, 2021 Autor - Marília Freitas Tipo Notícia

Devido ao agendamento de todas as primeiras doses de vacinas contra a Covid-19, Fortaleza só terá aplicação de segunda dose neste fim de semana. As informações foram divulgadas em transmissão nesta sexta, 30, pela Prefeitura. As vacinas estarão concentradas em alguns centros. Se a data no cartão já foi ultrapassada ou se você não foi agendado, basta se dirigir aos pontos abaixo para receber os respectivos imunizantes:

Centro de eventos: segunda dose de Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac

Sesi Parangaba e RioMar Kennedy: segunda dose de AstraZeneca e CoronaVac

Shopping Iguatemi e RioMar Fortaleza: segunda dose de Pfizer e AstraZeneca

Caso você tenha perdido a aplicação da segunda dose por motivos de outras vacinas ou perdeu o agendamento, basta ir até o ponto respectivo para receber a vacina. O agendamento para a segunda dose já está disponível tanto no site Coronavírus da Prefeitura de Fortaleza quanto no site Vacine Já.

Todo o estoque de vacinas da primeira dose foram agendadas para aplicação nesta sexta, 30. Para sábado e domingo, previsão é de que mais de 20 mil pessoas recebam a segunda dose das vacinas AstraZenenca, CoronaVac e Pfizer. Para atingir a meta de vacinação tanto hoje quanto no fim de semana, os fortalezenses precisam comparecer aos locais de aplicação.

O Ceará deve receber quase 320 mil doses de imunizantes neste fim de semana. Notícia vem um dia após Secretaria da Saúde (Sesa) confirmar quatro casos da variante delta em solo cearense. Quatro pacientes que chegaram ao Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, foram diagnosticados com a variante originária da Índia, que é mais contagiosa.

São três mulheres e um homem, com idades entre 22 e 26 anos, moradores de Fortaleza (dois), Caucaia e Itapipoca. Todos vieram do Rio de Janeiro, em três voos diferentes, entre os dias 19 e 21 de julho. Um caso em Sobral também já foi confirmado. 

A Sesa está em busca dos tripulantes de três aeronaves que chegaram no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, vindas do Rio de Janeiro. Logo após a identificação da variante, os órgãos sanitários realizaram uma busca ativa na lista dos passageiros e tripulantes das três aeronaves onde os infectados estavam. Em publicação no site da entidade, realizada na quinta-feira, 29, a Sesa orientou que todos as pessoas que estavam nas aeronaves cumpram auto quarentena de 14 dias contados a partir da data de desembarque. Os voos são:

– Voo Gol 2021 de 19/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza
– Voo Latam 3383 de 20/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza
– Voo Azul 4763 de 21/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza

Para "adiantar o rastreamento", a pasta de saúde também convocou todos os passageiros e tripulantes a procurarem "imediatamente" o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs/CE) pelo número (85) 98724-0455, das 9h às 17 horas. Também orienta que essas pessoas realizem o exame no Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Segunda dose: Fortaleza ultrapassa a marca de 500 mil pessoas imunizadas

RECORDE
2021-07-30 11:25:58 Autor Marília Freitas Tipo Notícia

Fortaleza ultrapassou a marca de mais de 500 mil pessoas imunizadas com a segunda dose ou com a dose única das vacinas da Covid-19 - ou seja, com o esquema vacinal completo. Vacinação na Capital e em todo o Estado começou no dia 18 de janeiro. Fortaleza está na faixa etária dos 27 anos.

Informação foi divulgado pela Prefeitura de Fortaleza nesta sexta, 30. Desde janeiro, a Capital seguiu o Plano Municipal de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, atendendo a grupos prioritários. A primeira fase começou no mesmo mês, atendendo a faixa etária a partir de 75 anos, indígenas, profissionais de saúde da linha de frente contra a Covid-19 e idosos institucionalizados. A segunda fase teve início em março do mesmo ano, com foco de pessoas em 60 a 74 anos.

A terceira fase da vacinação começou no mês seguinte, em maio, incluindo pessoas com comorbidades, grávidas e puérperas. No dia 24 do mesmo mês, a Capital iniciou a quarta fase da vacinação com pessoas em situação de rua. Posteriormente, os grupos como trabalhadores da área da educação, forças de segurança, funcionários do Sistema de Privação de Liberdade, População Privada de Liberdade e outros grupos.

No início de junho, no dia 6, a vacinação da população geral em Fortaleza começou por ordem decrescente de idade e por agendamento - como aconteceu com os idosos nas faixas etárias anteriores, de 80 a 60 anos. Fortaleza aplicou, até então, quatro imunizantes: 

CoronaVac: duas doses, com intervalo de 28 dias

AstraZeneca: duas doses, com intervalo de três meses

Pfizer: duas doses, com intervalo de três meses

Janssen: dose única

A Cidade chegou a antecipar o calendário vacinal previsto para todo o Estado. Ações como o Arraiá de Vacinação, em junho, e ações voluntárias tanto por estudantes quanto pela Prefeitura, anunciados um dia após o surgimento do projeto da UFC, aceleraram a imunização. Entretanto, a vacinação dos cearenses segue em diferentes ritmos pelos municípios, pois depende do cadastro na plataforma Saúde Digital e do fornecimento de novas doses pelo Ministério da Saúde.

 

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Sobral confirma primeiro caso da variante Delta

PRECAUÇÃO
2021-07-30 10:03:00 Autor Marília Freitas Tipo Notícia

Sobral confirmou primeiro caso da variante Delta. A informação foi divulgada pelo prefeito Ivo Gomes em suas redes sociais. O caso foi registrado em um adulto jovem que foi contaminado no Rio de Janeiro. Identificada inicialmente na Índia, quatro casos da variante foram confirmados em viajantes cearenses na tarde de ontem, 29.

Segundo Ivo, a Secretaria da Saúde está acompanhando o caso e identificando os contatos. "Peço a todos que fiquem alertas e que mantenham as precauções recomendadas pelas autoridades sanitárias", informou.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ivo Gomes (@falaivo)

O último informe epidemiológico do município, divulgado às 19h41min de ontem, traz um total de 27.198 casos confirmados da doença e outros 733 óbitos desde o início da pandemia na Cidade. Um total de 49% da população já está vacinada contra a Covid - 138.523 doses aplicadas. Destas, 102.438 foram de primeira dose e outras 36.085 foram de segunda dose.

A variante delta é mais contagiosa que outras, mas os cuidados com a pandemia não mudam. Com casos confirmados no Brasil, já era esperado por especialistas que, em breve, a nova linhagem circulasse pelo Estado.

Com os quatro casos confirmados em viajantes, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) busca os passageiros que estavam em voos com infectados pela cepa delta. Confira os voos em que os casos foram identificados:

– Voo Gol 2021 de 19/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza
– Voo Latam 3383 de 20/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza
– Voo Azul 4763 de 21/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza

Para "adiantar o rastreamento", a pasta de saúde também convocou todos os passageiros e tripulantes a procurarem "imediatamente" o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs/CE) pelo número (85) 98724-0455, das 9h às 17 horas. Também orienta que essas pessoas realizem o exame no Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen).

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Mais nove casos da variante Delta são detectados em São Paulo

Saúde
2021-07-29 19:23:49 Autor Agência Brasil Tipo Notícia

Mais nove amostras da variante Delta do novo coronavírus foram detectadas hoje (29) pela prefeitura de São Paulo e o Instituto Butantan. Ao todo, o monitoramento já registrou 22 diagnósticos da nova cepa. Agora, os casos estão sendo investigados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de origem.

De acordo com a prefeitura, o monitoramento é feito por cálculo amostral, considerando cada semana epidemiológica. O Instituto Butantan, do governo estadual, analisa as amostras por meio de sequenciamento genético.

O Instituto Adolfo Lutz, laboratório estadual, também faz análises de variantes em parceria com Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade de São Paulo (USP) e a prefeitura. Cerca de 600 amostras são enviadas semanalmente para cada laboratório. A ação de identificação de quais cepas circulam na capital paulista foi iniciada em abril deste ano.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid: Centro de Testagem no Aeroporto aumenta amostra de passageiros testados de 5% para 20% 

ALERTA
2021-07-29 18:23:00 Autor Ana Rute Ramires Tipo Noticia

Após identificação de quatro passageiros diagnosticados com a variante Delta no Centro de Testagem de Viajantes do Aeroporto Internacional de Fortaleza, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) anunciou a ampliação das coletas por amostragem de 5% para 20% dos passageiros de voos oriundos dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. Além disso, as barreiras sanitárias serão ampliadas para rodoviárias de Fortaleza e do Interior.

A variante, originária da Índia, é mais contagiosa. São três mulheres e um homem, com idades entre 22 e 26 anos, sendo dois moradores de Fortaleza, um de Caucaia e outro de Itapipoca. Todos vieram do Rio de Janeiro, em três voos diferentes, entre os dias 19 e 21 de julho. 

Centro de Testagem foi instalado há pouco mais de duas semanas, com capacidade de realizar mais de 100 testes por dia. Equipamento funciona por meio de protocolo de testagem aleatória de todos os voos que chegarem a Fortaleza. 

Além da variante Delta, outras mutações da cepa do coronavírus foram identificadas nas 17 amostras positivas para a Covid-19 já coletadas no Aeroporto de Fortaleza e analisadas pela Fiocruz, como a Gama, encontrada inicialmente no Brasil, em Manaus.

Em junho de 2021, 224 amostras de casos suspeitos de Covid-19 foram encaminhadas à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Ceará para sequenciamento genômico. Destas, 148 foram confirmadas como P1 (66,1%), variante detectada em Manaus em novembro de 2020; outras 76 amostras (33,9%) são variantes de outras linhagens.

O governador Camilo Santana (PT) comentou sobre a confirmação de casos da variante Delta nas redes sociais. Na postagem, o gestor reitera a importância dos cuidados para evitar a transmissão do vírus. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid: Variante Delta é identificada em viajantes que chegaram a Fortaleza

PANDEMIA
2021-07-29 17:29:00 Autor Redação O POVO Tipo Noticia

Quatro pacientes que chegaram ao Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, foram diagnosticados com a variante Delta do coronavírus. A variante, originária da Índia, é mais contagiosa. São três mulheres e um homem, com idades entre 22 e 26 anos, moradores de Fortaleza (dois), Caucaia e Itapipoca. Todos vieram do Rio de Janeiro, em três voos diferentes, entre os dias 19 e 21 de julho.

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) buscam os passageiros e tripulantes das três aeronaves vindas do Rio de Janeiro. Os voos foram:

– Voo GOL 2021 de 19/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza

– Voo LATAM 3383 de 20/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza

– Voo AZUL 4763 de 21/07/2021 – Rio de Janeiro Fortaleza

Todos os passageiros e tripulantes que estiveram em um desses voos são convocados a entrar imediatamente em contato com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs/CE) pelo telefone (85) 98724 0455 (das 9 às 17 horas) ou comparecer para realização do exame RT-PCR no Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen), que está de posse da listas dos viajantes.

Todos que estiveram nos voos em que estavam os passageiros devem ficar em quarentena de 14 dias contados a partir da data de desembarque.

Passageiros diagnosticados

Quanto aos quatro diagnosticados, além de ficar em quarentena, farão novos exames para medir carga viral, potencial de transmissão e estudo de anticorpos.

No momento em que tiveram diagnóstico positivo pelo teste rápido, ainda no aeroporto, os quatro foram orientados a cumprir isolamento. Eles estão sendo monitorados Vigilância Epidemiológica do Estado e pelas respectivas secretarias municipais de Saúde.

Os testes foram feitos pela Rede Genômica da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Ceará em parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Ampliação

A Sesa também anunciou a ampliação das coletas por amostragem no Centro de Testagem para Viajantes do Aeroporto de Fortaleza de 5% para 20% dos passageiros de voos oriundos dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. Além disso, as barreira sanitárias serão ampliadas para rodoviárias de Fortaleza e do Interior.

Além da variante Delta, outras mutações da cepa do coronavírus foram identificadas nas 17 amostras positivas para a Covid-19 coletadas no Aeroporto de Fortaleza e analisadas pela Fiocruz, como a Gama, encontrada inicialmente no Brasil, em Manaus. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags