Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Covid-19: cearenses em condições específicas podem receber dose única e D2 antecipadamente

A medida foi autorizada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB-Ce), que reúne representantes dos 184 municípios cearenses, como meio de enfrentamento a pandemia
18:15 | Jul. 30, 2021
Autor - Gabriela Almeida
Foto do autor
- Gabriela Almeida Repórter O POVO
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Cearenses vão poder receber a segunda dose (D2) ou a dose única da vacina contra Covid-19 de forma antecipada, desde que se enquadrem em situações específicas - como os pacientes que precisam iniciar tratamento com imunossupressor. A medida foi autorizada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB-Ce), que reúne representantes dos 184 municípios cearenses, como meio de enfrentamento a pandemia.

O adiantamento foi estabelecido por meio de uma resolução, que vigora desde a última semana e foi assinada por representantes de órgãos sanitários, como o secretário da Saúde Dr. Cabeto. Com autorização da CIB, o documento determina que a antecipação da D2 e da dose única (DU) pode ser solicitada por contemplados que façam parte de uma das quatro categorias estipuladas, sendo elas: 

- Intercambistas com bolsas de estudo e agendamento de viagem realizada;

- Trabalhadores embarcados em situações especiais que configurem dificuldade de acesso à referida dose em tempo hábil;

- Pessoas com necessidades de realização de procedimentos cirúrgicos ou tratamentos desde que justificado o risco de morte ou complicação, e a impossibilidade de aguardar o agendamento da sua dose;

- Pacientes com necessidade de iniciar tratamento com imunossupressor;

Procedimento necessário

O contemplado que integrar uma dessas categorias e desejar o adiantamento ou da D2 ou da DU deve apresentar documentações que comprovem a situação onde ele se enquadra. Documentos médicos, por exemplo, se o caso for a necessidade de procedimentos cirúrgicos ou tratamentos.

Todos os documentos devem ser encaminhados para a secretária da saúde do município onde o contemplado mora, para que a solicitação seja formalizada junto a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). No caso de intercambistas vinculados às universidades brasileiras, deve ser encaminhando um "documento único contendo a lista dos alunos contemplados por período", segundo informações da pasta.

Ceará vacina população geral 

Atualmente o Ceará segue vacinando contra Covid-19 a população geral, com idade entre 18 a 59 anos, em ordem decrescente. Em Fortaleza, já estão sendo contemplados com a primeira dose os nascidos até 1995. No entanto, neste fim de semana, a Capital terá apenas a aplicação da D2 do imunizante.

Mais de 20 mil pessoas devem comparecer aos equipamentos de vacinação de Fortaleza neste sábado e domingo, para receber a segunda dose dos imunizantes da AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. No mesmo período, há uma previsão de que o Estado receba quase 320 mil doses de vacina.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará pode não atingir meta de vacinação em agosto por falta de imunizantes; entanda

Coronavírus
2021-07-30 19:01:00
Autor Marília Serpa
Foto do autor
Marília Serpa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Avaliando a situação epidemiológica no Ceará, a Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) realizou mais uma edição do Webinar nesta sexta-feira, 30. Um dos convidados participantes foi a Secretária Executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Ceará, Magda Almeida, que afirmou que há grandes chances da meta de vacinação em agosto não ser atingida no Estado por falta de imunizantes.

Os dados disponibilizados na quarta-feira, 28, pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), mostram que há uma cobertura vacinal no Ceará de 53% com D1 e 38,3% com D2 ou DU (dose única). Isso significa que quase 40% da população cearense se encontra imunizada. No entanto, a quantidade de vacinas recebidas é desproporcional ao número da população.

“Esse número é verificado utilizando o número da população do Estado e a quantidade de doses distribuídas, fazendo um percentual de quanto daria para cobrir juntando D1 e D2”, explica a secretária.

De acordo com Magda, até o momento, o Ceará recebeu vacinas para cobrir 78% da população, ficando em última colocação como unidade federativa do Nordeste que menos recebe imunizantes. Dessa forma, a quantidade de vacinas que o Ministério da Saúde provisiona para o Estado tem sido insuficiente.

“A gente já perguntou e já falou várias vezes. O Ministério Público provocou dias atrás, solicitando resposta oficial do Ministério da Saúde, mas até agora [a resposta] não veio”, esclarece a secretária.

Ainda de acordo com levantamentos feitos pela Sesa, a meta parcial de grande parte dos grupos vacinados indica que 100% ou mais já foram vacinados por haver uma subestimativa, que é quando o número de pessoas vacinadas foi maior do que o número de vacinas disponível para determinado grupo. São eles:

- Trabalhadores da saúde: 101,9%;
- Idosos institucionalizados: 111,2%;
- Indígenas: 95,3%
- Idosos com 75 anos ou mais: 108,8%
- Idosos entre 70 e 74 anos: 107,4%;
- Deficientes institucionalizados: 137%;
- Idosos entre 65 e 69 anos: 98%;
- Idosos entre 60 e 64 anos: 98,9%;
- Povos quilombolas: 100,5%;
- Força de segurança: 110,6%;
- Gestantes e puérperas: 89,2%;
- PCD e comorbidades: 80,6%;
- Trabalhadores da educação: 97,8%;
- Portuários: 132,2%;
- Transporte aéreo: 93,9%;
- População geral entre 45 e 59 anos: 92,7%;
- População geral entre 30 e 44 anos: 52,8%;
- Total/Meta Parcial: 91,9%.

Alguns poucos grupos têm uma meta menor, como os indígenas, onde houve muita recusa, havendo remanejamento das doses para outros grupos. A distribuição das vacinas é feita pelo Ministério da Saúde.

“Se tivesse vacina para vacinar toda a população, seria possível alcançar a meta até agosto”, completa Magda.

Novo lote de vacinas

Segundo o governador Camilo Santana (PT), o Ceará deve receber quase 320 mil doses de vacina contra Covid-19 neste final de semana. A informação foi passada por meio de publicação feita pelo por ele em suas redes sociais, um dia após a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) afirmar que casos da variante Delta foram confirmados em passageiros que chegaram a Fortaleza.

Ainda de acordo com Camilo, deverão chegar 173.160 doses da Pfizer e 146.800 doses da vacina CoronaVac. Ainda não há confirmação do horário de chegada pelo Ministério da Saúde, que envia as doses.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Dia dos Pais no Ceará deverá movimentar R$ 158,1 mi em 2021, aponta CNC

ECONOMIA
2021-07-30 18:54:00
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Dia dos Pais no Ceará deverá movimentar R$ 158,1 milhões em volume de vendas em 2021, de acordo com estimativas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). No cenário nacional, a projeção está em R$ 6,03 bilhões – uma alta de 13,9% em relação ao ano passado. Em 2020, as vendas da época estavam passando pelo processo de flexibilização das medidas restritivas voltadas ao combate da primeira onda da pandemia da Covid-19. Naquele cenário, as vendas recuaram 11,3% e atingiram o menor volume financeiro (R$ 5,30 bilhões) desde 2007 R$ 4,98 bilhões).

Em maio deste ano, o varejo já se encontrava 3,9% acima do volume observado às vésperas da pandemia, em fevereiro de 2020, e 1,1% maior do que em agosto do ano passado, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conforme a CNC, dois fatores explicam a reação positiva do setor nos meses mais recentes. Primeiramente, a desaceleração da pandemia a partir de abril “devolveu” parte do fluxo de consumidores perdido ao longo de toda a crise sanitária. Embora a circulação de consumidores no comércio ainda não tenha se normalizado, especialmente nos shopping centers, a movimentação dos consumidores vem aumentando desde a diminuição dos indicadores da doença na segunda onda.

Além disso, neste ano, a projeção ainda aponta que os itens mais consumidos no Dia dos Pais devem estar 7,8% mais caros que o ano passado, maior variação desde 2016 (+8,6%). Dos 13 itens analisados, apenas dois se encontram, em média, mais baratos do que há um ano: Livros -1,7% e aparelhos de som (-1,3%). Por outro lado, televisores (+22,3%), bebidas alcoólicas (+11,8%) e perfumes (+10,5%) tendem a acusar altas de preços mais expressivas.

Destacando as regiões nas projeções para a quarta data comemorativa mais importante do comércio varejista brasileiro, São Paulo (R$ 2,15 bilhões), Rio de Janeiro (R$ 632,1 milhões) e Minas Gerais (R$ 629,3 milhões) tendem a responder pela maior parte (56,6%) da movimentação financeira com a data neste ano. Todas as unidades da Federação deverão acusar avanços reais ante os montantes do ano passado, com destaque para as taxas esperadas em relação ao Paraná (+15,0%), Rio Grande do Sul (+14,4%), Distrito Federal (+14,3%) e Santa Catarina (+12,5%). 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Netflix, Disney Plus e HBO Max: veja os lançamentos do fim de semana

Nos streamings
2021-07-30 18:17:00
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Já está procurando o que fazer durante o fim de semana? O Vida&Arte selecionou os lançamentos das principais plataformas de streaming até domingo, 1º de agosto.

No Disney+, há a estreia de “Jungle Cruise”, dirigido por Jaume Collet-Serra. Na história, Fran Wolff (Dwayne Johnson) é contratado por Lily Houghton (Emily Blunt) e por seu irmão McGregor (Jack Whitehall) para levá-los à Amazônia.

O objetivo é encontrar uma misteriosa árvore que, de acordo com estudos, tem o poder de cura. A descoberta poderá mudar o futuro da medicina. O problema é que, no caminho, enfrentarão várias adversidades.

Leia também | Viúva Negra: Scarlett Johansson processa Disney por lançamento no streaming

Também há o último episódio da segunda temporada de “High School Musical: A Série - O Musical”. No enredo, os estudantes do colégio East High se preparam para apresentar o musical “A Bela e a Fera”.

Entretanto, eles precisarão enfrentar a escola rival, que também é uma instituição de ensino prestigiada em relação ao teatro estudantil. No elenco, estão Joshua Bennett, Olivia Rodrigo, Matt Cornett, Sofia Wylie, entre outros.

Ainda foram adicionados novos conteúdos de “Turner e Hooch”, “A Misteriosa Sociedade Benedict”, “Monstros no Trabalho” e “O Maravilhoso Mundo de Mickey Mouse”.

Leia também | Marvel confirma lançamento da série do Gavião Arqueiro para novembro

Já na Netflix, está disponível a segunda temporada de “Outer Banks”. A história acompanha um grupo de amigos de uma pequena cidade litorânea que busca descobrir o que aconteceu com o desaparecimento do pai de John B (Chase Stokes).

Os adolescentes, então, embarcam em uma aventura que envolve mortes, mentiras e um tesouro perdido há décadas. Os protagonistas são Chase Stokes, Madelyn Cline, Rudy Pankow e Madison Bailey.

No HBO Max, o lançamento é “Judas e o Messias Negro”, dirigido por Shaka King. O filme conta a história real de Fred Hampton (Daniel Kaluuya), um ativista dos direitos dos negros nos Estados Unidos e líder do partido dos Panteras Negras.

Leia também | Amazon Prime Video: Confira os lançamentos de filmes e séries em agosto

Seu envolvimento com o grupo, porém, chama a atenção do Departamento Federal de Investigação, dos Estados Unidos. Na mira do governo, um homem se infiltra no movimento e acarreta no assassinato de Hampton.

Disney+

sexta-feira, 30
- Jungle Cruise
- Reflexões Sobre a Vida com Robin Roberts (temporada 1)
- O Maravilhoso Mundo de Mickey Mouse (episódios 11 e 12)
- Tico e Teco: Vida no Parque (episódio 1)
- Turner e Hooch (episódio 2)
- Monstros no Trabalho (episódio 5)
- A Misteriosa Sociedade Benedict (episódio 7)
- High School Musical: A Série - O Musical (final da temporada)
- Star Wars: The Bad Batch (episódio 14)
- O DIário de Tati
- O Menino e o Mundo
- Rocketeer (temporada 1)
- Tal Sydney, tal Max (temporada 2)

Netflix

quinta-feira, 29
- Transformers: War for Cybertron: O Reino

sexta-feira, 30
- Outer Banks (temporada 2)
- Glow Up (temporada 3)
- O Último Mercenário
- O Mundo dos Centauros

domingo, 1º
- Chico: Artista Brasileiro
- Star Trek
- Masha e o Urso (temporada 4)
- Show Dogs: O Agente Canino
- Darwin’s Game

HBO Max

sexta-feira, 30
- Judas e o Messias Negro

Mubi

quinta-feira, 29
- The Unseen River

sexta-feira, 30
- Krabi, 2562

sábado, 31
- Algo Diferente (Something Different)

domingo, 1º
- Chão

Belas Artes à La Carte

quinta-feira, 29
- Assassinos por natureza
- Ricardo III
- Verão Vermelho
- O Vingador Invisível
- Águia na cabeça
- Desaparecido

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Eletrobras lança programa de patrocínio a projetos esportivos

Esportes
2021-07-30 18:10:42
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Eletrobras e suas subsidiárias Eletrosul, Chesf, Eletronorte e Furnas lançaram nesta sexta-feira (30) o Programa de Patrocínio Socioesportivo das Empresas Eletrobras 2021. Serão disponibilizados, no total, até R$ 3,888 milhões para os participantes.

De acordo com a Eletrobras, o programa objetiva reforçar o papel do esporte como mecanismo de inclusão e transformação social. Serão beneficiados projetos voltados para a valorização do trabalho em equipe e o fortalecimento da autoestima dos participantes, considerados elementos fundamentais para a construção de uma sociedade mais justa e solidária.

O patrocínio é voltado para a seleção pública de projetos desportivos e paradesportivos que estejam aptos a captar recursos oriundos de incentivos fiscais e se enquadrem nas manifestações definidas como “desporto educacional” e “desporto de rendimento”, descritas no edital, em consonância com o disposto na Lei Pelé (Lei 9.615/1998) e na Lei de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438/2006).

Somente poderão ser inscritos no Programa 2021 projetos que tenham sido aprovados no Sistema da Lei de Incentivo ao Esporte até a data de hoje, dia de lançamento do edital.

As inscrições foram abertas hoje e podem ser feitas até 13 de agosto na plataforma prosas. O resultado final será divulgado nos sites das empresas Eletrobras até 30 de setembro. Do dia 1º de outubro ao dia 17 de dezembro de 2021, será feita a contratação. Os projetos terão prazo de realização entre 1º de novembro de 2021 e 31 de dezembro de 2022.

Maiores esclarecimentos podem ser obtidos no endereço [email protected].

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Gestação na adolescência cai 37% em 20 anos, diz estudo

Saúde
2021-07-30 17:55:56
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nos últimos 20 anos, o Brasil registrou queda de 37,2% no número de adolescentes grávidas. Isso é o que apontou um estudo realizado pela ginecologista Denise Leite Maia Monteiro, secretária da Comissão Nacional Especializada em Ginecologia Infanto Puberal da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

A pesquisa foi feita considerando o número de nascidos vivos (NV) de mães entre 10 e 19 anos de idade, entre os anos de 2000 e 2019.

Em 2000, segundo a pesquisa, as mães adolescentes foram responsáveis por 23,4% do total de nascidos vivos no país. Já em 2019, esse índice passou para 14,7%.

Apesar da queda, o número ainda é preocupante. Dados do DataSUS/Sinasc apontam que a cada dia ocorrem cerca de 1.150 nascimentos de filhos de adolescentes. “As complicações gestacionais e no parto representam a principal causa de morte entre meninas de 15 a 19 anos mundialmente, pois existe maior risco de eclâmpsia, endometrite puerperal, infecções sistêmicas e prematuridade, segundo a Organização Mundial da Saúde. Ainda há consequências sociais e econômicas como rejeição ou violência e interrupção dos estudos, comprometendo o futuro dessas jovens”, disse a médica, no estudo.

A pesquisa também demonstrou que a redução da gravidez na adolescência entre meninas de 10 a 14 anos foi de 26% e teve uma redução menor que entre o grupo de 15 a 19 anos, que registrou 40,7% de queda. Os maiores indicadores de gravidez entre adolescentes foram registrados na região norte do país, que apresentou a menor queda percentual na taxa de fecundidade por idade específica (TIEF) tanto para o grupo de adolescentes entre 10 e 14 anos (-11,9%) quanto para o grupo de adolescentes entre 15 e 19 anos (-32,9%).    

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags