PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Ocupação de UTI adulto para pacientes com Covid-19 é de 83,65% no Ceará

Estado apresenta redução mas ainda tem situação considerada de "alerta crítico", segundo classificação da Fiocruz. Índice registrado é o menor desde 6 de fevereiro

18:25 | 20/06/2021
Hospital Estadual Leonardo Da Vinci tem  (Foto: BARBARA MOIRA)
Hospital Estadual Leonardo Da Vinci tem (Foto: BARBARA MOIRA)

O Ceará registra ocupação de 81,44% dos leitos de de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ativos no Estado para pacientes com Covid-19. A informação é da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), atualizada às 17h02min. O índice é o menor desde o dia 6 de fevereiro, quando a ocupação registrada era de 80,64%. Entre as unidades destinadas para adultos, a taxa de ocupação é de 83,65%. Apesar da redução, a situação ainda é considerada de "alerta crítico", segundo classificação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Entidade define dessa forma estados com taxa de ocupação de UTIs Covid igual ou superior a 80%. As taxas de ocupação de UTI gestante, UTI infantil e UTI neonatal são, respectivamente, 50%, 78,26% e 18,75%. Com relação aos leitos de enfermaria, a ocupação é de 47,57%.

No Hospital Estadual Leonardo Da Vinci (HELV), unidade de saúde com maior oferta de leitos Covid, 134 das 160 UTIs estão preenchidas. Sobre o Hospital Regional da Unimed, segundo estabelecimento com maior oferta do Estado, não constam dados atualizados sobre a ocupação.

Na Região de Saúde de Fortaleza, a ocupação é de 73,93%. Mas em outras quatro macrorregiões cearenses a situação é mais preocupante. Na Região de Sobral, ocupação é de 88,89%. No Sertão Central, índice é de 91,07%, e no Cariri, 89,86%. Não constam informações sobre a ocupação hospitalar do Litoral Leste/Jaguaribe.

Conforme a regulação estadual de leitos, cujos dados foram atualizados às 13h07min deste domingo, 74 pessoas com Covid-19 aguardam leito de internação no Ceará. Destes pacientes, 52 aguardam transferência para enfermaria e 22 esperam transferência para UTI.