PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Cronograma de conclusão da vacinação em Fortaleza depende de cadastramento da população

Em visita ao Centro de Eventos do Ceará, Ana Estela Leite, secretária de saúde de Fortaleza, pede que população agilize o cadastramento

19:27 | 04/06/2021
Fortaleza vacina os grupos prioritários da quarta fase, incluindo forças de segurança do Ceará e profissionais da Educação (Foto: FABIO LIMA)
Fortaleza vacina os grupos prioritários da quarta fase, incluindo forças de segurança do Ceará e profissionais da Educação (Foto: FABIO LIMA)

A partir do próximo domingo, 6, Fortaleza passará a vacinar a parcela de sua população que não faz parte de nenhum grupo prioritário, ou seja, pessoas de 18 a 59 anos. Até a última quinta-feira, 3, 628 mil pessoas que fazem parte do público geral já fizeram o cadastro no site Saúde Digital. Entretanto, o número ainda não representa a totalidade de pessoas que fazem parte dessa população.

"Ontem, baixamos todo o banco de cadastros. Vamos estratificar por idade, mas isso muda diariamente, porque novas pessoas vão se cadastrar, e pedimos que a população se cadastre o mais rápido possível, para que a gente possa se planejar e lançar um cronograma municipal de conclusão da vacinação em Fortaleza", explica Ana Estela Leite, secretária de saúde de Fortaleza.

Segundo a titular da Secretaria de Saúde de Fortaleza, o município possui uma capacidade instalada para aplicar cerca de 117 mil doses por semana. Levando em consideração o último levantamento de pessoas cadastradas (628 mil), Fortaleza levaria aproximadamente seis semanas para que todas as pessoas do público em geral recebessem pelo menos a primeira dose. Porém, Ana Estela destaca que o número de cadastros deverá aumentar diariamente.

Nesta sexta-feira, 4, foi divulgada a lista de agendamento de vacinação do público geral até a próxima sexta-feira, 11. Durante este fim de semana, trabalhadores da educação, profissionais de segurança e funcionários do sistema de privação de liberdade também serão contemplados.

Além do início da vacinação para a população em geral, este fim de semana deverá marcar a conclusão do processo de vacinação dos profissionais de segurança. Além da secretária municipal de saúde de Fortaleza, Ana Estela Leite, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, também foi ao Centro de Eventos na manhã desta sexta-feira, 4, para acompanhar o processo de vacinação dos profissionais de segurança.

"É um momento importantíssimo, trabalhamos muito para que essa vacinação se viabilizasse. Entre hoje e amanhã, há uma previsão de que nove mil agendamentos sejam realizados para os integrantes da área de segurança pública. Já existem, aproximadamente, 6.400 integrantes da segurança vacinados em Fortaleza", conta Caron.

De acordo com o secretário de segurança, o atual momento, com a conclusão da vacinação do grupo, é o mais feliz desde que assumiu o cargo. Caron lembrou ainda dos agentes de segurança que perderam a vida para o vírus.

"Desde a minha chegada aqui, é o momento mais feliz. Era a nossa missão mais árdua. Nada mais importante nesse momento, que termos, como está sendo feito, entre hoje e amanhã, a imunização da totalidade das forças de segurança. Fica aqui uma homenagem a todos os integrantes da força de segurança que, cumprindo o seu dever, infelizmente foram vitimados por essa doença e acabaram perdendo a vida".

Uma das contempladas com o processo de vacinação foi a Ten. Coronel Fátima de Paula, que agradece pela oportunidade e destaca a força da categoria, que sempre esteve na linha de frente.

"O sentimento é de gratidão, muita felicidade mesmo de estar recebendo essa primeira dose da vacinação. Espero que essa doença se dissipe de vez, para que possamos voltar a ter uma vida normal. Eu me sinto muito grata e muito feliz", relata a coronel.

Para Geísa Guimarães, 38, que trabalha como policial civil, o dia de sua imunização pôde ser definido com uma única palavra: alívio. Com os olhos marejados, a agente de segurança se ateve a dizer que perdeu muitos colegas durante a pandemia.

O militar do exército Reinaldo Nogueira, 42, também lembrou dos colegas que acabaram vitimados pela Covid-19, e agradeceu pela oportunidade de receber o imunizante.

"Sentimento de gratidão. Primeiramente, agradecer a Deus por ter chegado a vacina no nosso País. Infelizmente, muitos perderam a vida, mas graças a Deus, com as medidas sanitárias que o Governo do Estado vem tomando, muitas pessoas estão conseguindo se vacinar, a tendência é melhorar, a esperança se renova", declara.

Nesta sexta-feira, 4, a SMS informou que 982.416 doses já foram aplicadas em Fortaleza, ou seja, 88,1% das vacinas que o município recebeu. Dentre elas, 655.743 foram contempladas com a primeira dose dos imunizantes e 324.819 já receberam a segunda dose. Em todo o Estado, passa de 11% da população vacinada com as duas doses

Além dos quase sete mil profissionais de segurança vacinados em Fortaleza, mais de 41.249 trabalhadores da educação já receberam a primeira dose dos imunizantes. O grupo deverá ter o processo de primeira dose finalizado já no próximo domingo, 6. Andrea Benevides, 55, professora de educação física, foi mais uma profissional de educação imunizada nesta semana.

"A gente fica, realmente, muito sensível a isso. Sabendo que agora temos a possibilidade de seguir em frente. É uma emoção, eu via isso em outras pessoas. Realmente, quando chega a vez da gente, é um sentimento inexplicável, de proteção e acolhimento", relata.