PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

No Ceará, 41 mil pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na 3ª fase

Nesta etapa de vacinação, estão sendo contemplados grávidas, puérperas, pessoas com comorbidades e pessoas portadoras de deficiência (PCD)

Mirla Nobre
21:43 | 19/05/2021
Na 3ª fase, estão sendo contemplados grávidas, puérperas, pessoas com comorbidades e pessoas portadoras de deficiência (Foto: Thais Mesquita/OPOVO)
Na 3ª fase, estão sendo contemplados grávidas, puérperas, pessoas com comorbidades e pessoas portadoras de deficiência (Foto: Thais Mesquita/OPOVO)

No Ceará, 41.543 pessoas receberam a primeira dose (D1) da vacina contra a Covid-19 na 3ª fase da campanha de imunização contra a doença. A fase teve início no dia 28 de abril e, até nessa terça-feira, 18, o total de 297.294 doses foram distribuídas para aplicação da D1 aos municípios cearenses que avançaram para esta etapa. Ao todo, 13,97% das doses foram aplicadas no Estado. As informações são da plataforma Vacinômetro, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), divulgadas nesta quarta-feira, 19.

Nesta etapa de vacinação, estão sendo contemplados grávidas, puérperas, pessoas com comorbidades e pessoas portadoras de deficiência (PCD). Além disso, o grupo prioritário da 1ª e 2ª fase também seguem recebendo a imunização, seja D1 ou D2, contra o coronavírus. A imunização ocorre mediante a agendamento nas secretarias de saúde de cada município. Ao todo, o Ceará aplicou 2.449.684 doses, sendo 1.528.665 na primeira dose e 921.019 na segunda.

LEIA MAIS | Em quatro meses, 11,23% dos cearenses foram vacinados contra Covid-19 com as duas doses

Na campanha de vacinação, o Estado possui três imunizantes sendo aplicados nas três fases da campanha. São eles: Pfizer/BioNTech; AstraZeneca/Oxford e CoronaVac/Instituto Butantan. Todos têm esquema vacinal composto por duas doses, sendo que a segunda dose de CoronaVac deve ser aplicada em 28 dias após a primeira e outras duas com intervalo de três meses.

Confira a organização da vacinação da 3ª fase


Primeira convocação:

- Gestantes e puérperas com comorbidades que possuem entre 18 e 59 anos;
- Pessoas com Síndrome de Down que possuem entre 18 e 59 anos;
- Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) que possuem entre 18 e 59 anos;
- Pessoas entre 55 e 59 anos com comorbidades, seguindo a sequência definida na comissão; Intergestores Bipartite N°40 (CIB/CE): Cardiopatia; Diabetes; Obesidade IMC>40; Doença Neurológica; Pneumopatias; Doença Renal Crônica; Imunodeficiência e outras;
- Pessoas entre 55 a 59 anos com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

LEIA TAMBÉM | Veja modelos de atestado para comprovar comorbidade na 3ª fase de vacinação contra Covid

Segunda convocação:

- Gestantes e puérperas, independente de comorbidades, acima de 18 anos;
- Pessoas entre 18 e 54 anos com comorbidades e deficiência permanente.

Também foi definida uma ordem de prioridade entre as pessoas com comorbidades. De acordo com a Sesa, a organização é:

1º - Cardiopatia
2º - Diabetes
3º - Obesidade IMC > 40
4º - Doença Neurológica
6º - Pneumopatia
7º-  Doença Renal Crônica
8º - Imunodeficiência