PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Tratamento de Agnaldo Timóteo contra Covid-19 foi cortesia

O cantor e compositor não tinha plano de saúde "devido a sua situação financeira", relatam familiares. Tratamento e internação foram custeados pela rede que gerencia hospital que cuidou do artista

22:39 | 08/04/2021
Timóteo morreu com 84 anos na manhã de sábado, 3 de abril (03/04) (Foto: Divulgação)
Timóteo morreu com 84 anos na manhã de sábado, 3 de abril (03/04) (Foto: Divulgação)

Familiares de Agnaldo Timóteo revelaram nesta quinta-feira, 8, que o falecido cantor não tinha plano de saúde e seu tratamento contra Covid-19 foi custeado pela Rede Hospital Casa, dona do Hospital Casa São Bernardo, no Rio de Janeiro, onde ele batalhava contra a doença. Um representante da unidade confirmou a informação.

“Agradeceremos eternamente a toda a equipe do Hospital Rede Casa São Bernardo. Não tivemos vergonha de assumir que Agnaldo Timóteo não tinha plano de saúde devido a sua situação financeira. Não tivemos vergonha de pedir! E, graças a Deus, o hospital prontamente abriu as portas com o que há de melhor e o assistiu gratuitamente”, escreveu a família ao jornal Extra.

Timóteo morreu com 84 anos na manhã de sábado, 3, por complicações da patologia causada pelo coronavírus. Ele estava internado desde o dia 17 de março em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Médicos acreditam que ele foi infectado entre a primeira e a segunda dose da vacina contra a Covid-19. O cantor tomou a dose de reforço em 15 de março, mas apresentou falta de ar no dia seguinte.