PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Lockdown em Fortaleza: 52 estabelecimentos foram interditados desde o dia 5 de março

Um total de 370 fiscalizações foram feitas desde o início do segundo lockdown em Fortaleza.

Marília Freitas
10:18 | 15/03/2021
 Fiscalização no Centro de Fortaleza verificando cumprimento das medidas do novo decreto (Foto: Thais Mesquita/ O Povo)
Fiscalização no Centro de Fortaleza verificando cumprimento das medidas do novo decreto (Foto: Thais Mesquita/ O Povo)

Desde o dia 5 de março, início das medidas de isolamento rígido em Fortaleza, o lockdown, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) interditou 52 estabelecimentos na Capital. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 15, em live da pasta com a titular Laura Jucá e o Coronel Eduardo Holanda, secretário municipal da Segurança Cidadã (Sesec).

Um total de 370 fiscalizações foram feitas desde o início do segundo lockdown em Fortaleza. As medidas resultaram em 37 autuações e 15 feiras encerradas, além dos outros 52 estabelecimentos interditados. Os locais foram autuados ou tiveram suas atividades suspensas pelo não cumprimento às medidas contra o coronavírus.

LEIA TAMBÉM | Após ser autuado duas vezes em três dias, supermercado de Fortaleza é fechado por "tempo indeterminado"

"O cumprimento ou não das medidas faz toda a diferença em quem vai adoecer e quem não vai adoecer", ressaltou Laura, pedindo apoio da população para que verifiquem se os estabelecimentos essenciais que visitam seguem cumprindo as medidas sanitárias, como o uso do álcool em gel e controle da temperatura e da entrada de clientes nas lojas.

"Qual a necessidade de vocês estarem hoje em em calçadões ou em praças públicas?"

 

Ainda, o coronel Holanda pediu compreensão dos fortalezenses em apoiar o combate a pandemia. "Qual a necessidade de vocês estarem hoje em em calçadões ou em praças públicas?" questionou durante live. "Respeitem as dores dos familiares que perderam pessoas para a Covid. Os profissionais da saúde estão cansados e precisamos ajudar eles. Nada é mais importante do que a preservação da vida".

As ações de fiscalização contam com a participação da Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam) da Guarda Municipal de Fortaleza (GMFor), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).

Os cidadãos podem acionar a Agefis por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e IOS), do site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156. Denúncias sobre aglomerações também podem ser comunicadas ao 190.

Parque de diversões em atividade foi encerrado no fim de semana

 

Da sexta, 12, até o domingo, 14, a Agefis e a Guarda Municipal fizeram 61 fiscalizações noturnas e 21 autuações. Dos 44 estabelecimentos fiscalizados, um total de 13 foram interditados e outros 2 paredões de som foram apreendidos. A guarda municipal fez 61 fiscalizações noturnas e 21 autuações. Ainda, um parque de diversões - serviço considerado como não essencial - também foi interditado.