PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Resultados de exames de Covid-19 realizados em UPAs devem ter entregues em até 24 horas

Segundo o ISGH, diariamente, são solicitados em média de 40 a 50 exames do tipo Swab em cada unidade de saúde

Júlia Duarte
13:20 | 05/02/2021
EXAMES do tipo RT-PCR são os mais eficazes para o diagnóstico de Covid-19 (Foto: FÁBIO LIMA)
EXAMES do tipo RT-PCR são os mais eficazes para o diagnóstico de Covid-19 (Foto: FÁBIO LIMA)

Resultados de exames de Covid-19 tipo Swab (do cotonete) realizados em nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Fortaleza devem ser entregues em até 24 horas aos pacientes. Isso deve acontecer com nova parceira entre o Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), organização social gestora dos equipamentos de saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Ceará.

O tempo é calculado é partir da entrada das amostras no laboratório da Fiocruz Ceará. O novo tempo é três vezes mais rápido do que aquele que vinha sendo praticado antes, com prazo de 72 horas para o resultado. A média de solicitações para diagnosticar a presença do Coronavírus atual está entre 40 e 50 exames por dia em cada unidade. O laboratório da Fiocruz foi projetado para atender até 10 mil testes de PCR por dia e até 6 mil testes sorológicos, com segurança e agilidade no processamento dos exames.

LEIA MAIS| Covid-19: Teste PCR-Lamp, que coleta saliva, chega a rede de farmácias de Fortaleza

Objetivo é que a transferência dos pacientes regulados pelas centrais de leitos do Estado e do Município seja mais rápida, porque vai permitir um diagnóstico de internação com maior antecedência. Uma vez que novos pacientes precisam ficar em observação até irem para um hospital de referência. 

A diretora de Gestão e Atendimento das UPAS, Camila Machado, explica que nesse tempo de espera o paciente fica na unidade aguardando o resultado sem necessidade. "O hospital queria receber, queria saber se os pacientes tinham ou não Covid. Com essa parceria da Fiocruz, eu tiro o paciente com um tempo menor, porque eu vou receber o resultado com o tempo menor do que 24 horas", explica.

Segundo ela, das 40 solicitações, em média, de testes tipo Swab, cinco já são acompanhadas de transferências para outras unidades. "Parece um número pequeno, mas que impacta na saída desse paciente. Com isso, a gente dá uma maior segurança tanto para o profissional que está lá, pois eu diminuo a carga de exaustão desse profissional com o número de pacientes que estão dentro da unidade", ressalta ela. 

Eduardo Ruback, coordenador do laboratório de biologia molecular da Fiocruz Ceará, acrescenta que a estrutura montada pela Fiocruz contém equipamentos de última geração com o objetivo de acelerar o processo de obtenção de laudos. Além disso, devem auxiliar na testagem em massa e absorver demandas de testagem emergenciais para unidades de saúde. "Parcerias como a do ISGH são muito importantes, porque nos permitem receber essas amostras emergenciais de uma forma mais rápida e sabendo dessa urgência, nós podemos acelerar a liberação desses laudos", comenta ele.