PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Fiscalização no Ceará fecha 227 estabelecimentos por descumprir regras contra a Covid-19

Decreto estadual determina interdição imediata de estabelecimentos que descumprem medidas sanitárias.

Marcela Tosi
18:22 | 30/01/2021
Balanço de fiscalizações na última sexta-feira, 29, indica que 227 foram fechados em todo o Estado por descumprimento de medidas sanitárias contra a pandemia (Foto: Barbara Moira)
Balanço de fiscalizações na última sexta-feira, 29, indica que 227 foram fechados em todo o Estado por descumprimento de medidas sanitárias contra a pandemia (Foto: Barbara Moira)

Durante a última sexta-feira, 29, 227 estabelecimentos no Ceará foram fechados por descumprirem medidas contra a disseminação do coronavírus. Somente a Polícia Militar do Ceará abordou 594 restaurantes em Fortaleza, Região Metropolitana e Interior. Destes 219 foram fechados. 

Já a Vigilância Sanitária, junto de equipes do BPRaio e do Corpo de Bombeiros, esteve em 22 restaurantes. Um deles foi autuado (Dom Espeto) e outros cinco foram interditados (Skina do Baião, Geladão, Bom Espetos, Sanduiche de Churrasco e Papaleguas). Os outros 16 estavam cumprindo as medidas determinadas contra a Covid-19.

LEIA MAIS | Ceará registra 50% de aumento de novos óbitos em uma semana

Por fim, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), acompanhada da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), da Guardo Municipal e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente, realizou 17 fiscalizações. Nas ações, quatro locais foram notificados, dois receberam autuações e três foram interditados.

Regras mais rígidas

Em pronunciamento nas redes sociais, o governador Camilo Santana (PT) anunciou que novas medidas restritivas para frear o aumento da pandemia no Ceará, que passa pela segunda onda, devem ser tomadas pelo Governo do Estado. Elas serão estabelecidas após a realização de mais reuniões do Comitê Estadual de Combate à Covid-19. Enquanto isso, o decreto atual será renovado.

Além disso, ele diz que será publicado Decreto Estadual específico para o período do Carnaval no qual a recomendação atual para evitar a circulação entre a Capital e o Interior será obrigatória.

LEIA TAMBÉM | Praia dos Crush segue fechada e haverá blitze e mais fiscalização pela Cidade contra aglomerações

O decreto vigente, publicado no último dia 21, recomenda a não realização de viagens, proíbe áreas de lazer fechadas em condomínios de praia e aumenta o controle e fiscalização nos espaços comuns e equipamentos de lazer em condomínios residenciais. Além disso, documento determina interdição imediata de estabelecimentos que descumprem medidas sanitárias.