PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Sem Internet, sem email ou sem confirmação: dificuldades de idosos para agendar vacina

Veja possíveis soluções para problemas que têm havido

Ítalo Cosme
19:28 | 29/01/2021
Posto de Saúde Paulo Marcelo, no Centro estava cheio na manhã de quarta-feira (Foto: Júlio Caesar)
Posto de Saúde Paulo Marcelo, no Centro estava cheio na manhã de quarta-feira (Foto: Júlio Caesar)

A Prefeitura de Fortaleza prevê que comece na próxima semana a vacinação de idosos com mais de 75 anos que fizeram agendamento para se vacinar no sistema de drive-thru — ir de carro até locais para receber a imunização. Enquanto isso, muita gente ainda enfrenta dificuldades para se cadastrar. Alguns não têm acesso à Internet. Outros não têm email ou Whatsapp, necessários para a confirmação do agendamento. E muitos que conseguem agendar ainda aguardam a confirmação e a data em que receberão a vacina.

Para quem não tem acesso à Internet, a orientação é procurar postos de saúde para se inscrever. No começo da semana, chegou a ser registrada lotação de familiares e mesmo idosos que compareceram para tentar se cadastrar. Nesta sexta-feira, O POVO visitou postos e constatou que o movimento era pequeno de quem buscava informações e fazer o cadastramento. No Hospital de Messejana Casa Verde, uma funcionária relatou ao O POVO que aconteceu de uma única pessoa levar até quatro familiares ao local para o cadastramento, o que gerava filas e reclamações.

Noêmia Silva, 60 anos, dirigiu-se a posto de saúde após tentar cadastrar de casa os pais de 82 anos, mas não conseguiu. Ela conseguia fazer todo o processo, mas não conseguia finalizar a confirmação dos dados. De acordo com ela, o sistema caia. "A vacinação já está em andamento e os meus pais precisam. Os dois são idosos. Um já é cadeirante, e a outra tem Alzheimer. São pessoas do grupo de risco. Eu estava tentando resolver em casa, para não aglomerar aqui, mas não foi possível", lamenta.

Coordenadora do Posto de Saúde Edmar Fujita, no Castelão, Cristina Colares diz que a principal busca por ajuda no local é de pessoas com problemas no CPF.

Atualmente, mais de 300 rotas estão sendo feitas na Capital para atender a demanda e chegar aos domicílios dos pacientes. No total, 31.778 trabalhadores da saúde e idosos já foram vacinados. "A gente vai conseguir, ao longo deste mês, levar vacinação para todos os que se cadastraram. Lógico, chegando vacinas para Fortaleza”, almeja.

Veja possíveis soluções para problemas no cadastramento

SEM INTERNET

O usuário sem internet ou com dificuldades de usar o sistema para se cadastrar deve procurar o posto de saúde.

SEM EMAIL

Há duas plataformas de confirmação. A comunicação ocorre tanto pelo email quanto por Whatsapp. É preciso usar uma delas. A orientação é de que a caixa de spam também seja verificada.

CADASTRADO, MAS NÃO AGENDADO

Mesmo que os idosos se cadastrem presencialmente para receber a vacinação contra a Covid-19, a confirmação do agendamento deve chegar via email ou Whatsapp posteriormente, com data, local e horário de vacinação. Para quem não recebeu, a mensagem ainda deve chegar.

VACINE JÁ!

Plataforma da Prefeitura de Fortaleza, onde o usuário pode consultar se há algum erro no cadastro que fez para vacinação. Dados solicitados: CPF e data da nascimento.
Site: https://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/ Aba: consultar cadastro (lado esquerdo)

ERRO NO CADASTRO

Caso haja algum erro no cadastro, como número da casa, nome da rua, o usuário deve ligar para: 85 3452 6990 / 3452 6779

PRIORIDADES NA ROTA

Devem ser priorizados na distribuição da rota todos os idosos acamados com idade superior a 75 anos. Depois, todos os idosos com mais de 90 anos. Seguidos por aqueles com 80 anos e, posteriormente, os de 75 anos.