PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Festas são interrompidas no fim de semana em Fortaleza e Pacatuba

Os eventos estariam com mais de 200 pessoas, cada, no momento das abordagens de policiais militares e fiscais da Agefis. Uma arma de fogo foi apreendida

Gabriela Almeida
21:01 | 16/08/2020
Itens apreendidos durante abordagem em festa na Pacatuba (Foto: Divulgação/ SSPDS)
Itens apreendidos durante abordagem em festa na Pacatuba (Foto: Divulgação/ SSPDS)

Órgãos de fiscalização do Ceará interromperam dois grandes eventos com aglomerações que aconteceram neste fim de semana em Fortaleza e Pacatuba, na Região Metropolitana. De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS) e da Agência de Fiscalização do Município (Agefis), as festas chegaram a contar com o público de aproximadamente "200 pessoas" e abordagens resultaram ainda em apreensão de pelo menos uma arma de fogo.

O primeiro evento a ser interrompido veio após denúncias feitas por populares, na noite deste sábado, 15. Informações davam conta de que uma festa estaria sendo promovida com aglomeração em um imóvel localizado na rua José Avelino, no bairro Centro, o que fez com que equipes da Agefis se dirigissem ao local.

| LEIA MAIS |

Multas para quem não usar máscara já podem ser aplicadas no Ceará

Especialistas alertam para perigo de aglomerações em Fortaleza

Decon autua agência da Caixa na Parquelândia por permitir aglomerações

Ao chegarem na casa, os agentes encontraram uma gravação de show live, com música alta e um grande número de pessoas sem máscaras - item obrigatório para a proteção contra o novo coronavírus e agora passível de multa. O responsável pelo imóvel foi notificado e a festa foi encerrada. A Polícia Militar participou da operação.

Na ocasião, não houve apreensão de objetos incriminatórios, como apontou a Agefis. Até a publicação desta matéria, ainda não estavam disponíveis os dados sobre a aplicação das multas previstas sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras e outras possíveis penalidades.

Festa em Pacatuba

Na manhã deste domingo, 16, denúncias apontaram para uma festa de aniversário que estava sendo realizada em um sítio localizado no bairro Munguba, em Pacatuba. Segundo informações da SSPDS, policiais militares do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) foram ao local e encontraram cerca de 200 pessoas e dezenas de carros com som alto.

Quando começaram o procedimento de abordagem, agentes perceberam que um homem presente no local se direcionou para um carro para guardar um objeto. Os militares verificaram que se tratava de um revólver calibre 38, com cinco munições. O homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

Além dele, os agentes também conduziram para a Delegacia Metropolitana de Maracanaú (DDM) "duas mulheres de 22 e 37 anos", que são apontadas como as "responsáveis pelo evento de celebração do aniversário de uma delas". Elas se defenderam alegando aos policiais que muitas pessoas presentes não haviam sido convidadas.

Segundo informou a SSPDS, foram registrados contra elas Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) por "perturbação do sossego público e por descumprimento do decreto estadual que proíbe festas e aglomeração de pessoas em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus". A Delegacia Metropolitana de Pacatuba deve seguir investigando o caso.

Com colaboração da repórter Laís Oliveira