PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Profissionais da saúde de Fortaleza fazem ato virtual em homenagem às vítimas da pandemia; assista

A iniciativa ainda arrecada recursos para trabalhadores da Cultura que foram prejudicados pelas restrições de circulação impostas pela doença

Leonardo Maia
11:35 | 24/07/2020
Profissionais de saúde, coletivos e movimentos sociais realizam manifestação e programação cultural online (Foto: Fabio Lima)
Profissionais de saúde, coletivos e movimentos sociais realizam manifestação e programação cultural online (Foto: Fabio Lima)

Profissionais da saúde, coletivos e movimentos sociais de Fortaleza realizam manifestação cultural online nesta sexta-feira, 24, em homenagem às vítimas da pandemia do novo coronavírus e aos profissionais que estão atuando na linha de frente. Os artistas cearenses Arievaldo Viana, Evaldo Gouveia e Belchior também serão homenageados durante o ato, que não contará com atividades presenciais. O evento pode ser acompanhado por meio do Instagram do Coletivo Rebento.

A iniciativa visa angariar recursos para o projeto Festival Gente é Pra Brilhar... Não pra Morrer de Fome. O evento, que se estende até o próximo domingo, 26, pretende apoiar os trabalhadores da Cultura do Estado prejudicados pela pandemia. Com participação de grandes artistas locais, como o cantor Waldonys e a humorista Rossicléia, o projeto deve apoiar os profissionais com alimentos, produtos de higiene e auxílio financeiro. Veja a programação completa.

Para a médica Elodie Hyppolito, integrante do Coletivo Rebento, a ideia do projeto é defender a ciência, assim como a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) e os profissionais essenciais que estão atuando durante a pandemia. Ela criticou o “negacionismo” com que, segundo ela, o Governo Federal está conduzindo a crise. “Nosso presidente estimulou a população ao não uso de máscara, a não praticar ações de isolamento social e defendeu criminosamente remédios que não têm efeito e podem aumentar a mortalidade das pessoas”, enfatizou a médica.

Ela destacou ainda a gratidão e o apoio aos profissionais da Cultura, alguns dos mais afetados com as restrições de circulação impostas pelo novo coronavírus. “Você pode pensar: ‘O que uma médica tem a ver com a arte?’ Mas já pensou se a gente não tivesse música, livros e filmes para passar por tudo isso? Seria bem mais difícil”, considerou. Vítima recente da Covid-19, o compositor e trovador Evaldo Gouveia é um dos homenageados em sarau transmitido nesta sexta-feira nas redes sociais do Coletivo Rebento.

A produção das manifestações culturais, gravadas seguindo todos os protocolos sanitários, serão transmitidas por meio das redes sociais e disponibilizadas posteriormente no Youtube do Festival Gente é Pra Brilhar e outros canais de movimentos que participam da manifestação, como a Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia/CE e o Movimento #Eu Defendo o SUS/CE.

Serviço

O que: manifestação cultural de profissionais da saúde e movimentos sociais em defesa da saúde
Quando: nesta sexta-feira, 24, a partir de 9 horas.
Onde: por meio do Instagram do Coletivo Rebento e posteriormente no Youtube do Festival Gente é Pra Brilhar... Não pra Morrer de Fome