PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Costa Rica começa a aplicar tratamento de plasma contra COVID-19

O país registra 951 casos de transmissão do novo coronavírus, com 10 mortes.

09:25 | 26/05/2020

Uma mulher da Costa Rica hospitalizada por Covid-19 está sendo tratada com plasma extraído de pacientes recuperados da doença, um experimento que pode ajudar a acelerar a luta contra o mal, informou nesta segunda-feira uma autoridade de saúde local.

O presidente da Previdência Social da Costa Rica, Román Macaya, indicou que a paciente de 37 anos recebeu sua primeira dose de "plasma convalescente" no sábado e a segunda no domingo.

O Centro de Assistência Especializada ao Paciente com Covid-19, onde ela está internada, relatou que a paciente mostra "boa evolução clínica", embora Macaya tenha admitido que é cedo para saber o verdadeiro resultado do tratamento.

Leia também | Países aprovam resolução que determina que vacina contra o coronavírus será considerada bem público mundial

Há mais de 100 projetos de vacina contra Covid-19 registrados no mundo

Se testes forem como desejado, vacina contra Covid-19 poderá estar pronta em setembro

Sebastián Molina, especialista em microbiologia e imuno-hematologia do Banco Nacional de Sangue, explicou que os anticorpos plasmáticos atuam como uma barreira contra o vírus, ajudando a paciente a se recuperar.

O Banco Nacional de Sangue recebeu 25 doadores recuperados de Covid-19, dos quais foram obtidos 61 sacos de plasma. O plasma convalescente é um dos tratamentos sob investigação na Costa Rica.

Também está sendo estudada uma droga na qual as proteínas do novo coronavírus são injetadas em cavalos, para que o sangue da equipe gere anticorpos que sirvam para o tratamento de pacientes.

Nesta segunda-feira, 21 novos casos de Covid-19 foram relatados, o nível mais alto de contágio nas últimas seis semanas na Costa Rica. O país registra 951 casos de transmissão do novo coronavírus, com 10 mortes.