PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Antecipação de feriados auxilia a retomada da economia, diz Roberto Cláudio

Feriados que ocorreriam em junho e agosto poderiam ser obstáculo para a geração de renda e empregos após fim do isolamento social imposto pela crise do coronavírus

Matheus Facundo
20:30 | 26/05/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16.04.2020:  população continua aglomerada nas filas dos bancos, CEF da Messejana. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: Fabio Lima)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 16.04.2020: população continua aglomerada nas filas dos bancos, CEF da Messejana. (Fotos: Fabio Lima/O POVO) (Foto: Fabio Lima)

Aprovada pela Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) nesta terça-feira, 26, a antecipação de dois feriados religiosos, Corpus Christi e Nossa Senhora da Assunção, para amanhã (27/05) e depois de amanhã (28/05) vai ajudar na retomada da economia e da atividade cotidiana durante e após a pandemia da Covid-19, segundo o prefeito Roberto Cláudio (PDT). Em live no Facebook, RC afirmou que as folgas antecipadas reduzirão os impactos negativos na economia.

"Vamos completar, no final de maio, dois meses e meio de isolamento e isso tem um efeito muito negativo na economia. A gente deve começar, lenta e gradualmente, a recuperar a atividade cotidiana a partir do mês de junho e isso levará um tempo. Então, cada dia a mais de feriado nesse período seria um obstáculo para a geração de emprego e renda para o empreendedor", pondera o chefe do Executivo municipal.

Originalmente, o feriados de Corpus Christi e Nossa Senhora da Assunção aconteceriam em 11 de junho e 15 de agosto, respectivamente. A antecipação, de acordo com Roberto Cláudio, ocorre também devido ao caráter da própria pandemia. "A gente, durante o mês de junho, e muito possivelmente no mês de agosto, vai proibir, ou pelo menos não recomendar, aglomerações exatamente pelo risco de isso ainda estimular a contaminação", avalia.

Nos feriados antecipados, nesta quarta-feira, 27 e quinta-feira, 28, bancos e lotéricas permanecerão abertos. Segundo o prefeito, a exceção se deu "por razão de saúde pública". Com calendários de pagamento de auxílio emergencial para profissionais afetados pela crise do coronavírus e Bolsa Família já marcados para estes dias, caso os estabelecimentos fossem fechado, aglomerações ainda maiores seriam registradas na sexta-feira, 28.

Antes de enviar mensagem à CMFor solicitando a antecipação, RC conta que compartilhou a decisão com dom José Antônio, arcebispo de Fortaleza, devido ao caráter religiosos dos feriados. "Como sempre, ele foi generoso e compreensivo".  

A assessoria do arcebispo da Arquidiocese de Fortaleza afirmou que os dias santos prevalecem para a Igreja, porém os feriados são de competência das autoridades civis. Também foi informado que a "Caminhada com Maria" só virá a acontecer em acordo com situação da pandemia no Ceará. A comunicação informou que suspenderá a celebração de Corpus Christi que aconteceria no próximo mês, “porque o que deve permanecer é a vida”.

Benefícios da estudantes da rede municipal

Na live, Roberto Cláudio afirmou que a terceira entrega de kit alimentação para os 230 mil alunos da rede municipal começou nessa segunda-feira, 25. Com os feriados, o ritmo de entrega deve diminuir, porém ainda acontecerá. O primeiro lote de auxílio a ambulantes, feirantes, autônomos e trabalhadores da cultura começou a ser pago nesta terça-feira, 26. O segundo lote, conforme RC, deve ser pago até o fim desta semana.

Busca ativa por pessoas com Covid-19

Cerca de 25 mil pacientes do grupo de risco da Covid-19 já foram identificados por equipes do Programa Saúde da Família, da rede atenção primária à saúde da Capital e visitados em suas residências. Destes, pelo menos 3 mil tiveram indicativos de infecção pelo novo coronavírus, de acordo com o prefeito Roberto Cláudio. "Os demais receberam informação de como conduzir e que serviço de saúde procurar em caso de sintoma", aponta o gestor.

 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >