PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Polícia prende autor de ameaças de morte a juiz que determinou lockdown no Maranhão

As ameaças foram praticadas pelas redes sociais contra o juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís

Alan Magno
06:34 | 13/05/2020

O autor de ameaças de morte ao juiz que determinou lockdown no Maranhão e região metropolitana foi preso nesta terça-feira, 12. As ameaças de morte foram praticadas contra o juiz Douglas de Melo Martins pelo maranhense Edson Douglas Oliveira de Freitas, de 29 anos, nas redes sociais. A prisão foi feita em Curitiba, onde Edson estaria morando atualmente.

As informações sobre a prisão foram divulgadas pela assessoria de comunicação da Polícia Civil do Estado do Maranhão. O Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/Seic) foi o responsável por realizar o cumprimento de dois mandatos de busca e apreensão e a prisão preventiva do maranhense. A operação teve o apoio Centro de Operações Policiais Especiais do Paraná (Cope).

As ameaças ao juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís ocorreram após a decisão assinada pelo juiz, que implementou medidas mais rígidas de isolamento na região como forma de tentar desacelerar a propagação do coronavírus na região.


LEIA MAIS | Juiz que determinou "lockdown" no Maranhão recebe ameaças de morte

Além das ameaças por conta da implementação do “lockdown”, segundo a investigação, Edson já respondia a um processo de investigação de ameaças ao juiz Douglas de Melo, instaurado em dezembro de 2019. O primeiro caso de ameaça de morte ao juiz teria ocorrido após o magistrado ter autorizado, por meio de decisão judicial, a participação de pessoas com deficiência física no Curso de Formação de Oficiais (CFO).