PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Confira fotos da movimentação em Fortaleza no primeiro dia de lockdown

O POVO circulou por avenidas principais da Cidade e notou pessoas ainda sem máscaras

Lais Oliveira
15:19 | 08/05/2020
Fiscalização na Praia de Iracema durante período de lockdown em Fortaleza (Foto: Fábio Lima)
Fiscalização na Praia de Iracema durante período de lockdown em Fortaleza (Foto: Fábio Lima)

No primeiro dia em que passam a valer as medidas de lockdown em Fortaleza para conter o avanço do coronavírus, O POVO passou pelos principais pontos de movimentação na Cidade. Na manhã desta sexta-feira, 8, pessoas ainda saíram às ruas sem máscara e nas avenidas com grande fluxo de veículos não havia fiscalização.

Na orla da Capital, nas imediações da Praia de Iracema, da Beira Mar e do Mercado dos Peixes, o fluxo de pessoas era baixo. Alguns pedestres caminhavam no local e pequenos grupos praticavam exercícios sem máscara. O uso do equipamento se tornou obrigatório no Ceará nessa quarta-feira, 6, com novo decreto estadual.

Nessas áreas, equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) e da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) faziam fiscalização, advertindo os pedestres que não cumpriam o decreto.

LEIA TAMBÉM | Lockdown em Fortaleza: fiscalização acontece nas principais vias da Cidade 

Na avenida Beira Mar não havia tráfego de veículos, especialmente por causa das obras paradas no local. O cenário era diferente nas avenidas Abolição e Pessoa Anta. A reportagem notou fluxo intenso de carros e motos nessas vias. Os ônibus estavam vazios ou com poucos passageiros, todos mascarados.

O POVO também circulou pelas avenidas Virgílio Távora, Santos Dumont e Dom Luis, nos trechos que passam pelos bairros Meireles e Aldeota. Apesar de considerável movimentação de veículos, não foi percebida nenhum tipo de fiscalização.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) questionando sobre a falta de blitze ou equipes de patrulhamento nessas vias e aguarda retorno.

No Centro de Fortaleza, o comércio que antes ainda funcionava por meio de drive-thru, estava fechado. As operações desse tipo estão proibidas pelo novo decreto. Apenas a circulação de entregas delivery é permitida.

Hoje, apesar de apenas bancos e farmácias funcionarem, o trânsito de veículos e fluxo de pessoas ainda era visível. A formação de aglomerações persiste nas filas das agências bancárias. No Parque do Cocó, que está fechado assim como outras áreas públicas da Cidade, poucas pessoas faziam caminhada.

Clique na imagem para abrir a galeria


com informações da repórter Marcela Tosi