Participamos do

Coronavírus: Vicente Pinzon é o bairro de Fortaleza com mais mortes; número subiu 75% em uma semana

A Barra do Ceará aparece com o segundo bairro com mais óbitos. São 20 mortes, cinco a mais do que o último boletim
18:44 | Mai. 04, 2020
Autor Matheus Facundo
Foto do autor
Matheus Facundo Repórter do portal O POVO Online
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com 21 mortes, Vicente Pinzon se tornou o bairro de Fortaleza com mais óbitos em decorrência do novo coronavírus, a Covid-19. Dado foi divulgado no mais recente boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), na noite desta segunda-feira, 4.

Em um semana, as mortes no bairro, que fica na periferia da Regional II da Capital, tiveram um aumento de 75%. Na segunda-feira passada, dia 27 de abril, eram 12 mortes. A Barra do Ceará aparece com o segundo bairro com mais óbitos. São 20 mortes, cinco a mais do que o último boletim. O número de bairros com registro de morte passou de 90 para 103.

Relatórios anteriores da SMS já indicavam tanto o Vicente Pinzon quanto a Barra do Ceará como áreas de alta dispersão de casos e óbitos pela Covid-19 e alertava ainda para periculosidade de registros nestes bairros, que são periferia e apresentam alto índice de vulnerabilidade social. O alerta foi consolidado nesta segunda-feira, 4, como mostra mapa da distribuição de óbitos. "A epidemia se deslocou consistentemente para os bairros periféricos", afirma informe epidemiológico da SMS.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O bairro Cristo Redentor, outro território de preocupação devido ao baixo Índice de Desenvolvimento Humamo (IDH), conta com 18 óbitos. Granja Lisboa e José Walter têm 13 mortes cada. A curva de mortes na periferia segue também nos bairros Vila Velha, Carlito Pamplona e Cais do Porto, todos com 12 vítimas.

"Também deve-se conferir particular atenção ao aglomerado São João do Tauape, Joaquim Távora e Alto da Balança, bairros de elevada densidade demográfica", pontua o boletim. São João do Tauape tem 87 casos e 12 mortes, Joaquim Távora conta com 72 confirmações e 5 óbitos e o Alto da Balança tem 26 casos e 3 mortes.

Distribuição espacial de registros

Em análise de mapas e números do coronavírus na Capital, é possível confirmar a periferia como novo foco de casos e mortes pela doença. O epicentro da Covid-19, em bairros nobres como Meireles, Aldeota e Praia de Iracema, permanece registrando confirmações de casos, mas territórios mais pobres estão liderando o número de mortes. No Meireles, as mortes passaram de 9 para 12, um aumento de 33%, diferente do  ocorrido com o Vicente Pinzon, que teve escalada de 75% nas vítimas.

Coronavírus no Ceará

O Ceará registra 11.040 casos da Covid-19 e 712 óbitos em decorrência da doença, de acordo com informações disponibilizadas pela plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). A atualização é referente às 17h48min desta segunda-feira, 4.

São 2.661 casos a mais que no dia anterior e mais 35 mortes. No domingo, eram 8.379 casos da Covid-19 e 677 óbitos em decorrência da doença. Fortaleza concentra 8.198 casos confirmados e tem também o maior número de óbitos: 553.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags