PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Começa segunda etapa de entrega dos kits alimentação para alunos da rede municipal

Além dos alimentos não perecíveis, a cesta terá proteína, com uma caixa de 12 ovos

13:36 | 20/04/2020
Começa segunda etapa da entrega dos kits de alimentação (Foto: Divulgação/PMF)
Começa segunda etapa da entrega dos kits de alimentação (Foto: Divulgação/PMF)

Teve início nesta segunda-feira, 20, a segunda etapa da entrega dos kits de alimentação para alunos da rede municipal de Fortaleza. Serão 231 mil alunos beneficiados na ação, que tem o objetivo de complementar a alimentação dos alunos durante o período de suspensão das aulas, em decorrência do enfrentamento da pandemia do novo coronavírus

Além dos alimentos não perecíveis, a cesta terá proteína, com uma caixa de 12 ovos. Cada kit contém, além da proteína, 1kg de açúcar, 2 kg de arroz branco, 1 pacote de macarrão espaguete, 1 pacote de biscoito, 1kg de feijão, 1 garrafa de óleo de soja, 1 kg de sal, 1 kg de farinha de mandioca e 1 pacote de farinha de milho. Segundo a Prefeitura, os alimentos ofertam carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais.

A entrega acontece da mesma forma que da primeira vez, no mês de março. A distribuição é executada nas unidades escolares, obedecendo um cronograma, de data e hora marcadas, após a escola entrar em contato com a família para agendar.

O benefício é individual e direcionado a alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), contemplando creches conveniadas, Centros de Educação Infantil e escolas.

Estoque das escolas

Os alimentos que não estavam sendo usados no estoques, pela suspensão das aulas, foram distribuídos para 50 mil alunos. Foram entregues cereais que compõem o cardápio da merenda escolar, assim como proteína e derivados do leite.

Os alunos foram escolhidos segundo critérios de menor renda familiar, de acordo com o Cadastro Único, priorizando as crianças de menor idade; alunos com deficiência; alunos de educação de jovens e adultos com mais de 60 anos; e alunos da Rede Municipal abrigados nas casas de acolhimento da Prefeitura.