PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Saiba como contribuir com campanhas que ajudam pessoas vulneráveis ao impacto do coronavírus

Campanhas buscam auxiliar pessoas que se encontram "desamparadas" frente a crise de saúde pública

Gabriela Almeida
22:38 | 01/04/2020
Campanhas arrecadam dinheiro, alimentos e produtos para pessoas em situação de vulnerabilidade social (Foto: Reprodução)
Campanhas arrecadam dinheiro, alimentos e produtos para pessoas em situação de vulnerabilidade social (Foto: Reprodução)

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a Covid-19, movimentos sociais, empresas e organizações têm realizado campanhas para ajudar cearenses em posição mais vulneráveis ao impacto financeiro que o decreto de isolamento estadual pode ter ocasionado. De catadores de materiais recicláveis a pessoas em situação de rua, ações buscam auxiliar pessoas que se encontram “desamparadas” em meio a crise de saúde pública. O POVO listou algumas dessas campanhas.

O governador do Ceará, Camilo Santana, decretou o fechamento de serviços considerados “não essenciais” ao funcionamento público, no dia 19 de março. Prorrogado no último domingo, 29, ação fez com que Estado conseguisse obter redução gradual na velocidade do surgimento de novos casos da doença, mas, como consequência, afetou renda de famílias.

O objetivo das campanhas, em geral, é amenizar o quadro financeiro em que essas famílias e demais grupos vulneráveis economicamente se encontram diante do encerramento de atividades. Priorizando e respeitando as orientações do Estado, organizadores se mobilizam para ajudar grupos com doações de, entre outros, alimentos e materiais de higiene.

Conheça campanhas e saiba como ajudar

Renda mínima para 352 catadores:

A campanha é realizada pela ONG Visões da terra e atende 352 famílias de catadores de materiais recicláveis do Brasil, que foram afetadas com o fechamento de cooperativas. Em Fortaleza, três grupos familiares serão beneficiados. Arrecadação é realizada por meio de uma vaquinha, campanha de financiamento coletivo na internet. Para ajudar, basta acessar o link.

Juntxs pelas famílias vulneráveis da Serrinha

Composto por diversos movimentos populares do bairro Serrinha, em Fortaleza, como o Amorbase e o Viva a Palavra, campanha tem como objetivo arrecadar valores para doar cestas básicas às “famílias mais necessitadas da região”. Quem deseja contribuir com ação, deve clicar no link. 

Supera Fortaleza

O movimento arrecada doações de alimentos, itens de higiene pessoal e material de limpeza para famílias de trabalhadores autônomos e moradores de rua. Para doar basta escolher um dos pontos de coleta, localizados no:

Shopping Grand Messejana. Av. Frei Cirilo, 3840 – Messejana
Mercadinho São Luiz - Shopping Del Passeo. Av. Santos Dumont, 3131 – Aldeota
Rua Alfredo Ladislau, 1430 – Aldeota
Os organizadores ainda podem buscar doações na residência , basta que sejam acionados pelo número: (85) 99989 4799.

Frente pelo Jangurussu

Campanha é composta por associações, coletivos, movimentos e lutadores sociais que atuam no bairro Jangurussu, em Fortaleza. Por meio de uma arrecadação online, a Frente buscar distribuir kits e cestas básicas para as famílias mais vulneráveis da região.

Para contribuir, acesse o link

Estamos trabalhando

A campanha é do restaurante Moleskine Gastrobar, de Fortaleza, e busca produzir diariamente 300 refeições durante o mês de abril, que serão destinadas para a fraternidade católica Toca do Assis. Quem deseja contribuir com o gesto deve procurar restaurante por meio do instagram: @moleskinegastrobar.

Bom Jardim em Luta

A ação é realizada por moradores do bairro Bom Jardim, em Fortaleza, e busca arrecadar alimentos não perecíveis e produtos de higiene para pessoas que se encontram nos locais mais vulneráveis da região. Os materiais de limpeza apontados por organizadores como mais urgentes são: água sanitária, sabão e detergente.

Contatos para doação:
Eduardo: 988869125
Doação por depósito:
Caixa Econômica
Conta Poupança 66460
Agência 4689
Op. 013
Francisco Alef Feitosa
CPF 046.718.553-05

Banco do Brasil
Conta corrente 48.110-6
Agência 3653-6
Francisco Alef Feitosa
CPF 046.718.553-05

Pelas pessoas em situação de rua, migrantes e catadores

Idealizada pelas pastorais da Arquidiocese de Fortaleza, a campanha busca ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade diante da crise do novo coronavírus no Estado. Migrantes, pessoas em situação de rua, detentos e catadores estão entre os grupos que já recebem auxílio da instituição e que terão ajuda reforçada com a campanha. Organizadores buscam arrecadar quantidade suficiente para garantir a alimentação e a higiene desses grupos, visto que algumas destas pessoas estão sem renda devido à paralisação de serviços não essenciais ao funcionamento público

Como doar

Banco do Brasil

Agência: 2793-6

Conta Corrente: 120.465-3

CNPJ: 10.945.648/0001-39

Mais informações: (85) 98555.6008

Abraçando a comunidade

Campanha busca arrecadar valores para auxiliar pessoas que vivem em situação de rua em Fortaleza. Organizadores criaram uma vaquinha para receber doações e utilizam valores recebidos para comprar materiais de higiene e alimentos, distribuindo a quem estar “sem se proteger e sem comer”.

Para contribuir, basta acessar o link. /linkar na palavra

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/abracando-a-comunidade

Projeto recebe ainda por meio de depósito:

Bradesco conta corrente

Agência 1234

Conta : 0385037-4

Amanda Teixeira de Oliveira

Estamos aceitando também pelo banco banco Bradesco conta corrente

Agência 1234

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >