PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Ceará receberá 18 mil kits de teste rápido para o coronavírus nesta semana

Estado receberá também 2.280 testes RT-PCR, para diagnósticos de casos graves. Procedimentos foram distribuídos pelo Ministério da Saúde para todas as unidades federativas

Matheus Facundo
21:40 | 01/04/2020
  (Foto: Marijan Murat / AFP)
(Foto: Marijan Murat / AFP)

Chegam nesta semana, ao Ceará, 18.057 testes rápidos para o diagnóstico do novo coronavírus, distribuídos pelo Ministério da Saúde (MS) e adquiridos pela Vale em compra na China. Os testes são voltados a profissionais da saúde, como médicos e enfermeiros, e agentes de segurança, como policiais e bombeiros, com sintomas da Covid-19 e confirmam o resultado em até 20 minutos. Atualização da Secretaria de Saúde do Estado confirma 445 casos da doença no Ceará, além de nove mortes. 

Além dos testes rápidos, o Estado receberá ainda 2.280 testes RT-PCR, para diagnósticos de casos graves. No Ceará, assim como em todo os estados do Nordeste, a distribuição será feita com apoio da Força Aérea Brasileira (FAB). De acordo com o MS, a carga saiu da Coordenação de Armazenagem e Distribuição Logística de Insumos Estratégicos para a Saúde (Coadi) em Guarulhos (SP), na tarde desta quarta-feira, 1º.

+ Mandetta: número de confirmações de coronavírus deve crescer devido ao aumento da testagem

Ao todo, 468.802 serão distribuídos a todos os estados do País até o fim desta semana, como parte do primeiro lote dos 5 milhões de testes rápidos doados pela Vale ao Ministério. O lote chegou ao Brasil na segunda-feira, 30, e foi enviado ao centro de logística da Pasta antes da entrega aos estados. O País soma 6.836 casos confirmados da doença e 240 óbitos, conforme atualização do MS nesta quarta-feira.

“Os testes rápidos devem ser feitos somente após o sétimo dia do início dos sintomas. Ele serve apenas para marcar se a pessoa tem ou não o anticorpo que combate o vírus. Vai mostrar se você já teve no passado, e, neste caso, está imune, ou se tem o vírus no período latente da doença”, ponderou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Testes de biologia molecular

Além dos testes rápidos, o Ministério da Saúde já iniciou também a distribuição de 54 mil testes de biologia molecular (RT-PCR), que identifica a Covid-19 logo no início do desenvolvimento da doença. Trata-se de uma testagem utilizada para diagnostica casos graves internados.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >