PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Grupo de 40 pessoas faz festa em Caucaia e participantes são presos

Participantes foram presos com armas de fogo e lança-perfume. Há suspeita que a festa era organizada por uma facção criminosa

Jéssika Sisnando
17:20 | 21/03/2020

Em meio aos casos confirmados de coronavírus no Ceará e o anúncio do governador do Estado, Camilo Santana, de fechar estabelecimentos e evitar aglomerações, na quinta-feira, 19, um grupo de aproximadamente 40 pessoas fazia uma festa no bairro Parque Soledade, em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). Com eles foram apreendidos lança-perfume e armas. Destes, cinco foram presos. Ação foi da Cavalaria da Polícia Militar em parceria com o 12º Batalhão.


Conforme a Cavalaria da PMCE, o grupo é suspeito de ter envolvimento com facções criminosas. Foram necessárias a equipe da Cavalaria e mais três viaturas para intervir na situação. Foram apreendidas armas, celulares, carregador e três frascos de lança perfume. Cinco dos participantes foram presos e encaminhados à Delegacia Metropolitana de Caucaia, onde foi realizado o procedimento.

No dia 19, o governador Camilo Santana utilizou as redes sociais para anunciar o decreto estadual com medidas para conter o Covid-19. Entre as ações, o fechamento de comércios, templos, igrejas, museus, barracas de praia e locais que permitam a aglomeração de pessoas por 10 dias. Camilo lembrou que apenas se reduz a contaminação via isolamento social.

Policiais civis e militares têm realizado o trabalho de conscientização e garantia do cumprimento das medidas. Eles visitam praças, bares e demais estabelecimentos comerciais que insistem em descumprir a lei. No caso citado, as pessoas foram presas pelo porte de arma e a posse do lança-perfume, no entanto, nos outros casos de descumprimento do decreto estadual, o crime é de desobediência.