Pular navegação e ir direto para o conteúdo

PUBLICIDADE
Reportagem

Impactos da prisão de Michel Temer

O ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco, junto com os demais presos nesta quinta-feira, foram responsáveis por movimentar, irregularmente, R$ 1,8 bilhão, envolvendo vários órgãos públicos e empresas estatais, segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF).

A organização atuaria há 40 anos, tendo entre os envolvidos, Temer e o amigo dele, João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima.

11:10 | 22/03/2019

Comentários