Participamos do

Scarlett Johansson e Disney chegam a acordo judicial por "Viúva Negra"

Mídia estadunidense estipula que valor a ser pago pela multinacional corresponde a US$ 40 milhões, o dobro do que a atriz lucrou atuando na obra; quantia oficial não foi divulgada
04:41 | Out. 01, 2021
Autor Lara Vieira
Foto do autor
Lara Vieira Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A atriz Scarlett Johansson e a Disney entraram em um acordo no processo referente ao lançamento do filme “Viúva Negra”. A novidade foi contada pela própria artista em comunicado emitido nesta terça-feira, 30. O processo foi aberto em julho deste ano, quando Scarlett acusou a empresa de quebra de contrato, pelo lançamento simultâneo da obra nos cinemas e em streaming. Até o momento, o valor acordado ainda não foi divulgado.

"Estou feliz por resolver minhas diferenças com a Disney", afirmou a atriz. Em estimativa, o site Deadline estipulou que a negociação teria rendido mais de US$ 40 milhões para Johansson. O valor é o dobro do que a atriz recebeu para atuar no longa, quando faturou US$ 20 milhões. "Estou incrivelmente orgulhosa do trabalho que fizemos juntos ao longo dos anos e gostei muito do meu relacionamento criativo com o time. Estou ansiosa para continuar a nossa colaboração pelos próximos anos.", completou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Quando o processo foi aberto, a atriz alegou que o contrato com a Disney correspondia ao lançamento da obra exclusivamente nos cinemas. No entanto, o filme também foi lançado na plataforma de streaming Disney+. Em “Viúva Negra”, além de atuar, Scarlett Johansson é creditada como produtora e, dessa forma, tem direito a uma porcentagem da arrecadação global.

A Disney também emitiu nota sobre a resolução. "Estou muito satisfeito por termos chegado a um acordo mútuo com Scarlett Johansson em relação a 'Viúva Negra'", disse o presidente do conselho de conteúdo do Disney Studios, Alan Bergman. "Agradecemos suas contribuições para o Universo Cinematográfico da Marvel e esperamos trabalhar juntos em uma série de projetos futuros, incluindo 'A Torre do Terror' da Disney", finalizou Alan, mencionando o projeto articulado pouco tempo antes do processo.

Colunistas sempre disponíveis e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags