Após acidente, campanha busca ajuda para Mestre Mosquito do Reisado

Uma campanha feita por familiares e amigos do Mestre Mosquito do Reisado busca arrecadar recursos para ajudar em tratamento após acidente

Mestre Mosquito do Reisado, importante nome da cultura do Cariri, sofreu um acidente no dia 11 de janeiro deste ano, e fraturou duas vértebras na coluna. Aos 80 anos, ele ajeitava goteiras do telhado da casa em que mora, localizada em Juazeiro do Norte, quando se desequilibrou e caiu.

Apesar da fratura, a filha do artista, Aparecida Honorato, explica que os exames realizados descartaram a necessidade de uma cirurgia. Consciente e estável, o Mestre segue internado no Hospital Santo Antonio, em Barbalha, mas já recebeu alta.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Mesmo com a alta, ela conta que o Mestre só poderá ser liberado quando alguns materiais que ele utiliza na unidade de saúde forem garantidos em sua residência, como uma sonda alimentar e uma urinária. Alguns deles podem ser conseguidos por meio do governo.

“Já fui na Secretária de Saúde providenciar a cama (hospitalar), colchão, alimentação e aparelho de oxigênio. Já fiz o cadastro, mas só que está na espera”, conta Aparecida, que acredita que precisará comprar a alimentação utilizada com a sonda pelo tempo que pode demorar.

“Ajuda para o Mestre Mosquito”

Outros, necessitam ser comprados por fora. Assim, a campanha “Ajuda para o Mestre Mosquito”, que já estava sendo realizada antes, segue ativa, com o objetivo de arrecadar recursos para ajudar nos gastos que o tratamento exige.

Organizada por Aparecida com o auxílio da coreógrafa Valeria Pinheiro, a “vaquinha” já contribuiu, por exemplo, na compra do aparelho de ar para ser realizado uma traqueostomia — procedimento cirúrgico que realiza uma abertura na traqueia para que uma cânula para passagem de ar seja colocada.

Atualmente, o propósito é ajudar na compra de materiais como fraldas, alimentação e cremes para evitar o surgimento de escaras. Além disso, há os acompanhamentos necessários a serem feitos fora do hospital, como a fisioterapia, para ajudar no desenvolvimento dos movimentos, e o tratamento com um fonoaudiologista.

Outro profissional, o enfermeiro, se mostra necessário para acompanhar o Mestre em casa. Valeria, a coreógrafa que está ajudando na arrecadação, demonstra preocupação pelo artista receber alta ainda utilizando sondas para alimentação e urinação, mas não ter esse profissional auxiliando os cuidados e a família em casa.

A artista define que a “campanha é absolutamente necessária” e que, caso alguns materiais não estejam disponíveis por meio da Secretaria de Saúde, o apoio popular na campanha será necessário para a família.

Como ajudar

A família e amigos do Mestre Mosquito disponibilizaram uma chave pix para a arrecadação de recursos financeiros para ajudar nas despesas do tratamento. A conta está no nome de Maria Aparecida Honorato dos Santos, filha do artista. Outras informações podem ser obtidas no perfil do Instagram de Valeria Pinheiro.

Caso a contribuição seja de um pacote de fraldas, que precisam ser no tamanho M, ou do creme para evitar o surgimento de escara, Aparecida disponibilizou um endereço para os materiais serem entregues.

Contribuição

  • Chave pix (CPF): 022750771342
  • Titular da conta: Maria Aparecida Honorato dos Santos
  • Mais informações: @valeriapinheiroabcvata

Doação de materiais

  • Endereço: rua Cerelino Quezado Filgueiras Filho, 1560 - bairro São José, Juazeiro do Norte
  • Ponto de referência: Colégio Versátil, no final da rua
  • Responsável: Aparecida Honorato

Clique aqui para acompanhar as principais notícias de famosos, da TV e de realities no canal do O POVO no WhatsApp

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

mestre mosquito arrecadação campanha de arrecadação mestre da cultura tratamento

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar