Participamos do

Oscar 2022: Academia afirma não tolerar violência após tapa de Will Smith

Ainda em sua publicação, a Academia destacou que "tem o prazer de celebrar" os vencedores e que eles merecem o "reconhecimento" de colegas e "amantes do cinema"
10:36 | Mar. 28, 2022
Autor Miguel Araujo
Foto do autor
Miguel Araujo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após o caso de agressão envolvendo o ator Will Smith e o comediante Chris Rock na cerimônia de premiação do 94º Oscar, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas publicou um comunicado em seu perfil no Twitter afirmando “não tolerar violência” de qualquer tipo. Na ocasião, Smith deu um tapa em Rock após comentário sobre sua esposa, Jada Pinkett Smith.

Ainda em sua publicação, a Academia - responsável pela cerimônia e pela entrega dos prêmios - destacou que “tem o prazer de celebrar” os vencedores e que eles merecem o “reconhecimento” de colegas e “amantes do cinema”.

A agressão ocorreu quando Chris Rock iria anunciar o prêmio de Melhor Documentário. Em certo momento, ele fez uma piada sobre a careca de Jada Pinkett Smith e uma referência a uma possível participação sua em um hipotético segundo filme de “Até o Limite da Honra”, em que a atriz Demi Moore aparece sem cabelos. A questão, porém, é que Jada sofre com alopecia areata, doença autoimune responsável pela perda de pelos e cabelo na artista.

Diante do comentário de Rock, foi possível perceber como a atriz ficou desconfortável. Com isso, Will Smith subiu ao palco e estapeou o comediante. Ao voltar para seu assento, ele disse para Chris “tirar o nome de sua esposa da p*rra da sua boca”. Inicialmente, muitos que estavam assistindo ao Oscar pensaram que a agressão havia sido combinada entre os dois profissionais. Entretanto, logo após o tapa foi possível perceber o choque e a tensão entre os presentes na cerimônia.

Will acabou sendo anunciado como vencedor do prêmio de Melhor Ator por seu trabalho em “King Richard: Criando Campeãs”. Ele iniciou seu discurso afirmando que Richard Williams - personagem que interpretou no longa - era “defensor da família” e disse que muitos artistas passam por situações em que têm que “aceitar abusos” e desrespeitos, fazendo de conta que “está tudo bem”. Ele também pediu desculpas à Academia pelo episódio.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar