Participamos do

Em nova fase, influenciador Yarley Ara fala sobre projetos futuros

Fênomeno nas redes sociais, o influenciador digital Yarley Ara embarca em nova fase profissional e compartilha os planos para a carreira
14:00 | Mar. 27, 2022
Autor Lara Montezuma
Foto do autor
Lara Montezuma Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

É provável que você já tenha escutado os bordões "bufo, querida!" e "trava na beleza". Ambos surgiram nas redes sociais do cearense Yarley Ara, que despontou com visibilidade na internet durante uma das épocas mais críticas da pandemia, ainda nos primeiros meses de 2020. Depois de longo período de trabalho no meio digital, o jovem de 21 anos estabilizou sucesso como um dos principais influenciadores do País - com mais de seis milhões de seguidores apenas no Instagram - e planeja passos ainda maiores: "Meu novo ciclo está começando", revela ao O POVO.

Yarley está de mudança para São Paulo para experienciar diferentes possibilidades profissionais. Além do conteúdo humorístico que bomba na web, ele pretende explorar o talento nas áreas voltadas para as artes, como a TV, e no empreendedorismo. "Estou muito feliz porque estou indo em busca do meu sonho. O que eu quero dizer é que as pessoas podem esperar um lado mais empresário, mais marketeiro. Quero muito ter meu nome na Forbes", manifesta.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na lista de desejos está, inclusive, a criação de um documentário ou filme sobre a história de vida. "Meu maior sonho é ser ator, quero muito estar atuando, pode ser como figurante, protagonista ou vilão. Eu quero estar em todos os lugares, não só no humor, mas na beleza, na maquiagem, na música. Acho que você pode ser o que quiser, quando quiser. Eu sou esse menino que sonha alto".

Nascido em Fortaleza, o criador de conteúdo conta que veio de uma infância simples na periferia e que trabalha desde cedo para ajudar nas despesas. A fama, portanto, era uma realidade distante. O começo na internet aconteceu "de forma espontânea", com vídeos no YouTube, mas o reconhecimento nacional chegou com os memes produzidos ao lado da mãe, Ariete, das irmãs Patrícia e Rayssa, e da cunhada Jussara. "Não sou nada sem elas. Cada um tem sua força, mas quando a gente se une, é uma força modo turbo", considera. Desde então, ele realizou o sonho da casa própria e desenvolveu a própria coleção de roupas ao lado da caçula.

"Não é sobre sucesso, fama, dinheiro, isso tudo é consequência. Eu quero que as pessoas conheçam a minha história porque o que antes era impossível para mim, hoje já não é mais". Yarley, que lançou o videoclipe "Trava na Beleza" e participou do programa "Sala da Sato" com a apresentadora Sabrina Sato, projeta novos caminhos para além do humor pelo qual é conhecido.

"Eu acho muito doido e engraçado que, às vezes, as pessoas te limitam pelo que você faz. Eu sou muito mais que humor, muito mais que um vídeo de 15 segundos. Eu tenho muita coisa para mostrar e é isso que eu quero que as pessoas entendam. As pessoas me limitam muito em relação a isso, mas eu gosto porque assim eu preciso trabalhar dobrado".

A projeção no meio digital também fez com que o cearense se tornasse voz para a comunidade LGBTQIAP+ e ele pontua o orgulho em ganhar evidência sendo "gay, afeminado, pintosa". Os contrapontos, entretanto, também aparecem quando se lida com um alcance tão grande. "Quanto mais seguidores você tem, quanto mais visto você é, mais comentário você leva. E às vezes essas opiniões são disfarçadas de preconceito, não são construtivas, ou conselhos que não são tão legais. Acho que é muito importante você saber de onde você veio, onde você quer chegar, e entender que é normal errar. Não é normal permanecer no erro", discorre. Outra grande questão é a falta de privacidade, perdida no decorrer dos anos. "Mas sempre foi o que busquei, não posso fugir. A pessoa pedir para bater foto não é problema algum, mas sinto falta de curtir os momentos em lugares públicos com meus amigos".

Os eventuais pormenores perdem significado em relação à satisfação pelo espaço conquistado. "Eu amo o que eu faço, amo trabalhar com internet, amo mostrar esse meu lado. Não me considero humorista, eu sou um menino que faz vídeo, gosto dessa nomenclatura. Também gosto de trabalhar com publicidade, marketing, quero muito fazer faculdade, mas acho que na prática se aprende muito", destaca. É certo que, por agora, o ritmo na internet continuará acelerado. Dentre as produções recentes mais famosas de Yarley, estão os áudios que envia aos participantes do reality show Big Brother Brasil (BBB), as paródias no TikTok e, claro, a rotina cotidiana da família, suficiente para render vídeos diários aos espectadores.

Apesar das possíveis mudanças nos percursos para alcançar outros projetos na carreira, o influenciador garante que não irá perder a essência e que deve seguir compartilhando o que aprendeu na capital cearense. "Minha energia é daqui, meu sangue é daqui, minhas falas são daqui. Sou nordestino, de Fortaleza, tenho o maior orgulho dessa terra".

Acompanhe

No Instagram e TikTok: @yarley

No YouTube: Yarley Ara

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Escute o podcast clicando aqui.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar