Participamos do

Biografia, filme e curso reavivam mito de Belchior

Documentário, livro e curso que fazem referência ao cantor cearense Belchior estão entre os projetos; veja todas as informações
20:17 | Mai. 10, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O cearense Belchior (1946 - 2017) foi cantor, compositor, produtor e até artista plástico. Sua trajetória extensa rendeu canções que ainda hoje fazem parte do imaginário da cultura brasileira, como “Apenas Um Rapaz Latino Americano”, “Sujeito de Sorte” e “Como Nosso Pais”. Mas várias facetas do artista permanecem inexploradas ou pouco conhecidas. É por isso que projetos artísticos e educacionais são feitos em sua homenagem.

A biografia “Belchior – Viver é Melhor que Sonhar”, por exemplo, chegou às livrarias em abril e agora concorre ao 1º Prêmio Benfeitoria de Financiamento Coletivo. O evento acontece na próxima quarta-feira, 19 de maio. Mas a votação, que está aberta ao público, pode ser feita até esta quarta, 12.

Leia também | Bob Marley eterno: 40 anos sem o rei do reggae

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A obra, escrita por Chris Fuscaldo e Marcelo Bortoloti, arrecadou mais de R$ 130 mil e teve 1.315 benfeitores. A campanha havia sido realizada pela editora Sonora durante a pré-venda.

O enredo explora as várias versões que explicam porque Belchior decidiu fazer um exílio voluntário nos últimos anos de sua vida. A partir de elementos da pesquisa científica e da narrativa jornalística, os autores desenvolvem diversas interpretações para uma mesma figura.

Leia também | Charge sob ameaça entre acirramentos políticos e intolerâncias

Durante a época de exílio voluntário, percorreu cidades como Sobral, São Paulo, Porto Alegre e Santa Maria. Até mesmo Montevidéu e Artigas, no Uruguai, receberam sua presença. Enquanto viajava, passou noites nas casas de fãs e fez amizades com vários moradores locais.

Para imergir nesta aventura, os escritores fizeram o mesmo caminho de Belchior com o objetivo de entrevistar conhecidos e encontrar documentos acerca de sua história. Por isso, o livro também é chamado de “road book”.

Leia também | CCBB-Rio realiza exposição virtual sobre arte contemporânea em maio

Chris Fuscaldo e Marcelo Bortoloti escreveu o livro 'Belchior'
Chris Fuscaldo e Marcelo Bortoloti escreveu o livro 'Belchior' (Foto: Divulgação/ Chris Fuscaldo)

Desta pesquisa, surge o documentário “Procurando Belchior”, da Urca Filmes com coprodução do Canal Brasil. Ainda em processo de produção e sem data de lançamento revelada, a história mostrará o exílio de Belchior a partir de uma narrativa audiovisual. Direção está sob responsabilidade de Eduardo Albergaria. O roteiro será assinado por Daniel Dias, Leonardo Edde e Eduardo Albegaria.

Curso sobre “Alucinação”

A professora e jornalista Josely Teixeira Carlos promove o curso “Lendo e Ouvindo Alucinação”, que está com inscrições abertas até 31 de maio. O conteúdo explora um dos discos mais famosos de Belchior, “Alucinação” (1976).

O álbum tem dez faixas e, entre elas, estão clássicos como “Apenas um Rapaz Latino-Americano”, “Velha Roupa Colorida”, “Como Nossos Pais”, “Sujeito de Sorte” e “À Palo Seco”.

Leia também | 63ª edição do Prêmio Jabuti abre inscrições nesta quinta, 6

A formação, que acontecerá às quartas-feiras entre 9 e 30 de junho, tem o objetivo de aprofundar os conhecimentos dos cursistas sobre as letras e as músicas do artista. Além disso, a professora fará uma relação com os contextos sociopolíticos da época em que foram produzidas.

Com 30 vagas, o curso totaliza seis horas de atividade. O preço das inscrições custa R$ 300 pelo acesso a todos os conteúdos ou R$ 100 por aula.

Lendo e Ouvindo Belchior
Quando: nas quartas-feira, entre 9 e 30 de junho
Quanto: R$ 100 por aula ou R$ 300 o curso completo
Inscrições: até dia 31 de maio
Mais informações: no site Discos e Discursos

Novo documentário

A Globo Filmes anunciou nesta segunda-feira, 10 de maio, que um novo projeto está em processo de produção. As músicas do disco “Alucinação” se tornarão um documentário coproduzido pela Globofilmes, GloboNews, Canal Brasil e Inquietude.

A obra audiovisual, que terá o mesmo nome do álbum, será dirigida por Renato Terra, ao lado de Marcos Caetano e Leo Caetano. Poucas informações foram divulgadas sobre o conteúdo, mas haverá registros familiares, acontecimentos históricos e imagens de arquivo para registrar a memória do artista.

Leia também | Cine Miau realiza exibições para escolas públicas do Interior

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags