PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

"Auto de João da Cruz": grupo de teatro apresenta espetáculo de Ariano Suassuna

Para celebrar o aniversário de 10 anos da Cia OmondÉ, grupo realiza transmissões da peça "Auto de João da Cruz" durante o mês de março

18:25 | 02/03/2021
Espetáculo 'Auto do João da Cruz', da Cia OmondÉ, ocorre durante os finais de semana de março (Foto: Rodrigo Menezes)
Espetáculo 'Auto do João da Cruz', da Cia OmondÉ, ocorre durante os finais de semana de março (Foto: Rodrigo Menezes)

Inconformado com a miséria em que vive, João sai de casa em busca de riquezas. Para conquistar seu objetivo, ele deixa tudo para trás. Os personagens - o Guia e o Cego - fazem uma aposta pela alma do jovem. A partir de ilusões, o protagonista começa a ter tudo que deseja e se distancia de sua própria humanidade. Tornando-se até perverso, enfrenta as consequências de sua ambição. Com elementos nordestinos, o texto “Auto de João da Cruz” (1950), de Ariano Suassuna, é baseado na obra clássica de Goethe, “Fausto” (1829). Neste mês, a peça do pernambucano ganha encenação da Cia OmondÉ.

O grupo teatral realiza sessões gratuitas do espetáculo de sexta-feira a domingo, durante todos os finais de semana de março. A apresentação, que tem direção de Inez Viana, foi gravada em meio às adaptações impostas pelo distanciamento social. Ensaios, por exemplo, foram feitos pelas plataformas digitais. Além disso, o conteúdo teve produção no Teatro Firjan Sesi Centro, no Rio de Janeiro.

Leia também | Solo da atriz Janaína Suaudeau, peça "Ninho" tem temporada online

A obra ainda traz elementos de outras narrativas do Nordeste, como “História de João da Cruz”, de Leandro Gomes de Barros; “História do Príncipe do Barro Branco e a Princesa do Reino do Vai-não-torna”, de Severino Milanez da Silva; e “O Príncipe João Sem Medo e a Princesa da Ilha dos Diamantes”, de Francisco Sales Areda. Os três estão disponíveis on-line, no site da Fundação Casa de Rui Barbosa.

A iniciativa faz parte das celebrações pelos 10 anos da Cia OmondÉ. Com pesquisas voltadas para a integração do teatro com a dança, o grupo iniciou sua trajetória com uma montagem de Ariano Suassuna, “As Conchambranças de Quaderna”, em 2010. Nas oito peças que integram seu repertório, todos são de autoria de brasileiros, como Nelson Rodrigues, Grace Passô, Jô Bilac e Alcione Araújo.

Leia também | Cinema cearense: 18 filmes e o desafio da pandemia

Na continuidade das comemorações, a companhia também fará uma palestra em seu canal do Youtube no dia 17 de março, às 19 horas. Na data, o escritor, professor e especialista na obra de Ariano Suassuna, Carlos Newton Júnior, conversa com a diretora Inez Viana.

Além disso, haverá uma oficina virtual com os integrantes sobre os processos de criação da companhia durante sua década em atividade. Voltado para o público de 30 pessoas, entre profissionais e estudantes do segmento artístico, o evento receberá cartas de intenções dos interessados.

Leia também | Mamonas Assassinas: morte da banda completa 25 anos

Auto de João da Cruz

Quando: entre 5 e 28 de março, de sexta-feira a domingo, às 19 horas
Onde: no canal do Youtube da Cia OmondÉ
Inscrições na oficina: para o e-mail [email protected], com o assunto “Inscrição oficina”