PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Theatro José de Alencar e Catedral Metropolitana de Fortaleza recebem projeções visuais

Em sua primeira edição, o A.Front - Festival Internacional de Video Mapping acontecerá nos dias 16 e 18 de dezembro

07:55 | 10/12/2020
Imagem do Panteão da Pátria em Brasília com a intervenção da VJ Grazzi, campeã no VJ Torna International no ano de 2018 (Foto: Pedro Lacerda / Divulgação)
Imagem do Panteão da Pátria em Brasília com a intervenção da VJ Grazzi, campeã no VJ Torna International no ano de 2018 (Foto: Pedro Lacerda / Divulgação)

Fortaleza é a sede da primeira edição do A.Front - Festival Internacional de Video Mapping. O projeto busca inserir no cenário cearense a prática de Video Jockey, popularmente conhecida como VJ, que reflete imagens, animadas ou não, em construções urbanas. Podendo ter ou não acompanhamento sonoro. O evento acontecerá nos dias 16 e 18 de dezembro e será transmitido no canal do YouTube do O POVO Online e também na conta do festival na mesma rede.

No dia 16, quarta-feira, o Theatro José de Alencar será tela para a artista Ângela Jomara e para os coletivos United VJs e Darklight Studio. A partir das 19h30min, será possível apreciar a fusão de imagens preparadas na fachada do local ao som das atrações DJ Nego Célio e dronedeus com a performance de Lola Garcia.

Já no dia 18, sexta-feira, começando às 19h30min, a ação toma forma na fachada da Catedral Metropolitana de Fortaleza, onde DJ Nego Célio ditará a música enquanto os VJs Valentino Cabanillas, Grazzi, VJ Malakai e o organizador Vitor Grilo espelharão seus trabalhos.

Comemoração dos 476 anos da catedral de Arequipa no Peru feita pelo VJ Malaki
Comemoração dos 476 anos da catedral de Arequipa no Peru feita pelo VJ Malaki (Foto: Divulgação)

Realizador da iniciativa #IssoNãoÉPixação, em que performance e instalação interativa se fundiam em ambientes da cidade, Vitor Grilo conta que a ideia do A.front é questionar as narrativas estabelecidas sobre arte e abordar o campo artístico como um ambiente que também pode ser de todos. Sob esse contexto, o video mapping se torna uma expressão democrática a céu aberto.

“Uma preocupação com esse trabalho é fazer com que Fortaleza se debruce sobre si em vez de ter esse eterno anseio do retirante. Queremos contemplar nossa cidade, nossa cultura e principalmente nossa história” informa Grilo. De acordo com ele, a escolha das locações surgiu a partir da necessidade de propor um diálogo com essas arquiteturas históricas e isso será traduzido nas projeções.

Para isso, a organização contou com o apoio dos profissionais da revista Berro: Dani Guerra, jornalista pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e historiadora pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e Arthur Pires, também jornalista pela UFC e mestre e doutorando em Sociologia pela instituição.

Serviço
A.Front - Festival Internacional de Video Mapping

Quando: 16 e 18 de dezembro
Onde assistir: No canal do YouTube do O POVO Online ou do A.Front - Festival Internacional de Video Mapping

Programação


16 de dezembro, quarta-feira
Onde: na fachada frontal externa do Theatro Jose de Alencar
19h30min: DJ Nego Célio
20 horas: VJ Ângela Jomara 
20h20min: DJ Nego Célio
20h40min: dronedeus + performance de Lola Garcia
21h20min: DJ Nego Célio
21h40min: Darklight+United


18 de dezembro, sexta-feira
Onde: na fachada frontal externa da Catedral Metropolitana de Fortaleza
19h30min: DJ Nego Célio
20 horas: VJ Valentino Cabanillas
20h20min: DJ Nego Célio
20h40min: VJ Grazzi 
21h00min: VJ Malaki 
21h20min: DJ Nego Célio
21h40min: VJ Vitor Grilo 

TAGS