PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Sesc Melhores Filmes: festival ocorre em formato virtual e gratuito

A premiação da 46ª edição do Festival Sesc Melhores Filmes ocorreu na quarta-feira, 19, em transmissão ao vivo pelo canal do Youtube do CineSesc

14:44 | 20/08/2020
"Torre das Donzelas" é um dos filmes disponíveis gratuitamente na plataforma Cinema em Casa, do Sesc São Paulo (Foto: Divulgação)

O Festival Sesc Melhores Filmes, criado em 1974, ocorre neste ano em formato on-line e gratuito. O evento, considerado o primeiro de sua categoria em São Paulo, premia as mais significativas produções do cinema com apoio do público e da crítica especializada.

A cerimônia da 46ª edição ocorreu na quarta-feira, 19, por meio de transmissão no canal do Youtube do CineSesc. O conteúdo continua disponível por tempo indeterminado. A iniciativa contou com mais de 65 mil votos públicos pela internet. Os críticos especializados de todo o país totalizaram 113.

Leia também | Confira a programação de cinema para este fim de semana em festivais de drive-ins

 

Entre os vencedores, está “Bacurau”, de Kléber Mendonça Filho, que levou diversos prêmios, como “Melhor Fotografia pelo público”, “Melhor Ator Brasileiro pelo público” e “Melhor Roteiro pela crítica”. Outro destaque foi “A Vida Invisível”, dirigido por Karim Aïnouz. Na noite, recebeu “Melhor Fotografia pela crítica” e “Melhor Atriz Brasileira pelo público”.

Os filmes estrangeiros também ganharam espaço na premiação. “Parasita”, de Bong Joo-Ho, por exemplo, obteve quatro títulos: “Melhor Direção Estrangeira”, pelo público e pela crítica, e “Melhor Filme Estrangeiro”, também nos dois métodos de seleção.

Leia também | Confira as produções que chegam ao catálogo da Netflix em setembro

Alguns títulos, que abrangem os vencedores e também os indicados, estão disponíveis gratuitamentes na plataforma “Cinema Em Casa”, do Sesc São Paulo. Os conteúdos podem ser assistidos sob demanda e estarão no site durante um mês.

Entre as obras que foram disponibilizadas no site, estão “Border”, de Ali Abbasi; “Rainha de Copas”, de May el-Toukhy; “Torre das Donzelas”, de Susanna Lira. Outros nomes, como “Greta”, de Armando Praça, e “Bacurau”, de Kléber Mendonça Filho, serão adicionados posteriormente.

Leia também | Com cinco filmes aclamados pela crítica, Mostra Cinema e Reflexão acontece em agosto

Confira os filmes premiados

Melhor Documentário pelo Público
"Bixa Travesty", com direção de Claudia Priscilla e Kiko Goifman

Melhor Documentário pela Crítica
"Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar", com direção de Marcelo Gomes

Melhor Fotografia pelo Público
Pedro Sotero, de “Bacurau”

Melhor Fotografia pela Crítica
Hélène Louvart, de “A Vida Invisível’

Melhor Ator Brasileiro pelo Público
Silvero Pereira, de “Bacurau”

Melhor Ator Brasileiro pela Crítica
Marco Nanini, “Greta”

Melhor Atriz Brasileira pelo Público
Fernanda Montenegro, de “A Vida Invisível”

Melhor Atriz Brasileira pela Crítica
Grace Passô, de “Temporada”

Melhor Roteiro, Direção e Filme pelo Público e pela Crítica
“Bacurau”, com roteiro e direção de Juliano Dornelles e Kléber Mendonça Filho

Melhor Ator Estrangeiro pelo Público e pela Crítica
Joaquin Phoenix, de “Coringa”

Melhor Atriz Estrangeira pelo Público e pela Crítica
Lupita Nyong'o, de “Nós”

Melhor Direção Estrangeira pelo Público e pela Crítica
Bong Joon-Ho, de “Parasita”

Melhor Filme Estrangeiro pelo Público e pela Crítica
“Parasita”, com direção de Bong Joon-Ho

Vida&Arte Podcast

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.