PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Greys' Anatomy irá abordar pandemia do novo coronavírus durante 17ª temporada

"Não há como ser um programa médico de longa duração e não mostrar a história médica das nossas vidas reais", declarou a produtora-executiva Krista Vernoff em entrevista ao site da revista Entertainment Weekly

16:16 | 21/07/2020
A série está no ar desde 2005 (Foto: Divulgação)
A série está no ar desde 2005 (Foto: Divulgação)

A série Grey's anatomy, no ar desde 2005, irá a abordar as consequências da pandemia do novo coronavírus no meio hospitalar durante a 17ª temporada. A nova leva de episódios ainda não foi gravada devido às restrições do isolamento social.

A produtora-executiva Krista Vernoff afirmou em entrevista ao site da revista Entertainment Weekly que o seriado possui "uma oportunidade e uma responsabilidade" sobre abordar como os profissionais da saúde são afetados. 

LEIA MAIS | Confira lista de filmes e séries que celebram a amizade

"Não há como ser um programa médico de longa duração e não mostrar a história médica das nossas vidas reais", declarou. Ainda na entrevista, ela falou sobre os desafios para realizar a abordagem. "Nossas conversas têm sido sobre como manteremos vivo o humor e o romance da série, enquanto contamos essas histórias tão dolorosas", pontuou.

Grey's anatomy conta a história de cirurgiões internos, residentes e atendentes do hospital em Seattle (EUA) e os dramas envolvendo suas vidas pessoais e seus pacientes.